Reflexões de Fidel »

A VITÓRIA CHINESA (1ª Parte)

A VITÓRIA CHINESA  (1ª Parte)

Sem alguns conhecimentos históricos elementares não seria compreendido o tema que abordo.

Reflexões de Fidel »

O DESTACAMENTO REGRESSA INVICTO

O DESTACAMENTO REGRESSA INVICTO

Na quarta-feira 26 de Março, Lisandra Guerra, com 20 anos de idade, coroou-se em Manchester, Grã Bretanha, campeã mundial na modalidade de 500 metros contra relógio no Campeonato Mundial de Ciclismo de Pista, após competir renhidamente com atletas de 37 países. Que sadia e legítima satisfação, porque é fruto da nossa educação, do nosso desporto, da nossa juventude, das nossas mulheres! Honra a quem honra merece!

Reflexões de Fidel »

BUSH NO CÉU (II)

BUSH NO CÉU (II)

Na terça-feira 18 de março completou-se o quinto aniversário do arresto de mais de 70 vende-pátrias, cabecilhas da quinta-coluna do imperialismo em Cuba que, pagados pelo governo dos Estados Unidos, violam as leis do país e partilham a tese de que este escuro canto do mundo deve ser varrido do mapa. Por ocasião dessa data, um porta-voz do Departamento de Estado qualificou o fato de “primavera preta”, um termo de conotação racista. Poderíamos chamá-la de “primavera branca”. A escuridão não existe no espaço, mas sim nas mentes. Que grande diferença entre os métodos do governo dos Estados Unidos e os de Cuba! Nenhum dos mercenários foi torturado, nem privado de advogado ou julgamento, embora que ele fosse de caráter sumário, previsto nas leis se existir o perigo de uma agressão; têm direito a visitas, acesso ao pavilhão familiar e outras prerrogativas legais como todos os presos, e se nalguma altura a saúde o demandar seriamente são postos em liberdade sem que as exigências do imperialismo e de seus aliados determinem absolutamente nada. Os exortamos a que façam com a população penal dos Estados Unidos o mesmo que faz Cuba. A Revolução exige respeito à soberania e não o perdão.

Reflexões de Fidel »

Bush no céu (I)

Bush no céu (I)

Atenho-me nesta reflexão a notícias recebidas pelas mais diversas vias, das agências de notícias internacionais -sem mencionar concretamente cada uma delas como fontes de origem, mas com fidelidade ao texto–, livros, documentos, Internet e até perguntas realizadas a fontes informadas.

Reflexões de Fidel »

A viagem triunfal

A viagem triunfal

As agências de notícias transmitiram rápido. As notícias não são risíveis, mas irónicas sim. Cada qual disse o seu. Houve uma competição, isto é, competiram. Também chegaram imagens fílmicas de Dick Cheney, o autor intelectual, e seu discípulo McCain; aparecem disciplinadamente entre numerosas pessoas, numa espécie de sala de aulas com cadeiras simples, em que se encontra todo o tipo de chefes treinados na arte de matar. Utilizarei frases simples e algumas opiniões de alunos, professores, repórteres e instituições que refletem a crua realidade.

Reflexões de Fidel »

SEDE DE SANGUE (II)

SEDE DE SANGUE (II)

O império não se resigna a ser o único perdedor na reunião do Grupo de Rio celebrada em São Domingos no dia 7 de Março. Deseja armar de novo o sangrento andaime. Não é difícil demonstrá-lo.

Reflexões de Fidel »

SEDE DE SANGUE (I)

SEDE DE SANGUE (I)

O império não se resigna a ser o único perdedor na reunião do Grupo de
Rio celebrada em São Domingos no dia 7 de Março. Deseja armar de novo o
sangrento andaime. Não é difícil demonstrá-lo.

Reflexões de Fidel »

SEMPRE LADEIRA ACIMA

SEMPRE LADEIRA ACIMA

Os estudantes do Ensino Médio reuniram-se: realizava-se o seu XI Congresso. Ao escutá-los, experimentei um saudável orgulho e uma inexplicável inveja. Que privilégio a sua fecunda idade! Se hoje é massivo o estudo universitário, também é massiva uma atividade mais importante: a batalha de idéias antes de ingressarem nas universidades.

Reflexões de Fidel »

A VISITA DE CHÁVEZ

A VISITA DE CHÁVEZ

Raúl o convidara. Disse que não me queria ver para não me contagiar com o vírus da gripe. Puros pretextos para não se submeter à tortura das minhas perguntas habituais. Para quê tomo a Vitamina C? ? mando-lhe a dizer. Acaso vão adoecer todos os chefes e chefas de Estado que estavam na calorosa e feliz reunião final do Grupo de Rio?

Reflexões de Fidel »

O ÚNICO PERDEDOR

O ÚNICO PERDEDOR

Foi por nocaute, na capital da República Dominicana. Tivemos a possibilidade de acompanhar o encontro através da Telesur sem perder um segundo. Ali estavam quase todos os Presidentes latino-americanos do Grupo do Rio. Correa, presidente do Equador, o anunciou um dia antes. Numa reflexão me atrevi a enfatizar a importância dessa reunião. Não foi realizada no seio da OEA. O essencial é que os diplomatas dos Estados Unidos não estavam presentes. De uma ou de outra forma, apesar das profundas diferenças ideológicas e táticas, todos brilharam e revelaram as qualidades que os levaram a desempenhar cargos importantes dentro do Estado.