Reflexões de Fidel »

A VISITA DE CHÁVEZ

A VISITA DE CHÁVEZ

Raúl o convidara. Disse que não me queria ver para não me contagiar com o vírus da gripe. Puros pretextos para não se submeter à tortura das minhas perguntas habituais. Para quê tomo a Vitamina C? ? mando-lhe a dizer. Acaso vão adoecer todos os chefes e chefas de Estado que estavam na calorosa e feliz reunião final do Grupo de Rio?

Reflexões de Fidel »

O ÚNICO PERDEDOR

O ÚNICO PERDEDOR

Foi por nocaute, na capital da República Dominicana. Tivemos a possibilidade de acompanhar o encontro através da Telesur sem perder um segundo. Ali estavam quase todos os Presidentes latino-americanos do Grupo do Rio. Correa, presidente do Equador, o anunciou um dia antes. Numa reflexão me atrevi a enfatizar a importância dessa reunião. Não foi realizada no seio da OEA. O essencial é que os diplomatas dos Estados Unidos não estavam presentes. De uma ou de outra forma, apesar das profundas diferenças ideológicas e táticas, todos brilharam e revelaram as qualidades que os levaram a desempenhar cargos importantes dentro do Estado.

Reflexões de Fidel »

O TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL

O TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL

La Hojilla, programa da Venezuelana de Televisão, selecionou, durante vários meses até ontem 5 de março, dados e frases que refletem com precisão o plano imperialista de fazer com Chávez o mesmo que fizeram com Milosevic depois da guerra genocida de Kosovo: julgá-lo no Tribunal Penal Internacional.

Reflexões de Fidel »

RAFAEL CORREA

RAFAEL CORREA

Lembro quando nos visitou, meses antes da campanha eleitoral na qual pensava candidatar-se à Presidência de Equador. Foi Ministro de Economia do governo de Alfredo Palácio, médico cirurgião com prestígio profissional, que também nos visitou em sua condição de Vice-presidente, antes de aceder à presidência, por situações imprevistas que aconteceram no Equador. Ele foi receptivo ao programa de operações oftalmológicas que lhe oferecemos como forma de cooperação. Existiam boas relações entre ambos os governos.

Reflexões de Fidel »

OS CRISTÃOS SEM BÍBLIAS

OS CRISTÃOS SEM BÍBLIAS

Os médicos e o resto dos profissionais e técnicos da saúde cubana constituem uma força excepcional. Nenhum país tem algo semelhante; da mesma forma que os soldados internacionalistas da nossa ilha, formaram-se no combate. Suas missões no estrangeiro ajustam-se a rigorosas normas éticas. Os seus serviços são oferecidos gratuitamente ou se comercializam, segundo as circunstâncias do país receptor. Eles não são exportáveis.

Reflexões de Fidel »

A partida prematura

A partida prematura

Foi se nos Sergio. Escutei há pouco tempo pela televisão as notícias
sobre a incineração de seu cadáver. Era muito mais novo do que eu. Se
tivéssemos uma maior cultura sobre a saúde, talvez não tivesse partido
tão cedo. Dele aprendi quando visitava as belas montanhas do centro da
Ilha. Admirava os seus princípios. Tenho a certeza que não tinha
gostado que suas cinzas repousassem no cemitério da capital.  Tomara
que seus familiares ou aqueles que tenham esse direito, decidam
colocá-las nalguma floresta do Escambray, onde uma árvore cresça junto
a sua memória. Aceitarei qualquer decisão com sincera honestidade.

Reflexões de Fidel »

ESPERO NÃO TER QUE FICAR ENVERGONHADO

ESPERO NÃO TER QUE FICAR ENVERGONHADO

Estas linhas serão publicadas amanhã 29 de Fevereiro. Um grande número de tarefas logo nos espera. Na segunda-feira dia 3 se iniciará o X Encontro Internacional de Economistas sobre Globalização e Problemas do Desenvolvimento, aos quais sempre assisti e nos quais expressei diversos pontos de vista. Pelos acontecimentos internacionais que têm lugar, este será sem dúvidas de grande transcendência pela presença de prestigiosos economistas, alguns Prémios Nobel e dois eminentes chefes de Estado.

Reflexões de Fidel »

QUEM QUER ENTRAR NA LIXEIRA?

QUEM QUER ENTRAR NA LIXEIRA?

Por acaso soube que a OEA existia, ao ler hoje um telex da Internet com o artigo de Georgina Saldierna, publicado em La Jornada, titulado “Descarta Insulza que Cuba possa ser logo aceite de novo na OEA”. Ninguém se lembrava dela. Veja o carácter antediluviano do argumento.

Reflexões de Fidel »

O QUE ESCREVI NA TERÇA-FEIRA DIA 19

O QUE ESCREVI NA TERÇA-FEIRA DIA 19

Nessa terça-feira não houve notícia internacional fresca. A minha
modesta mensagem ao povo, da segunda-feira 18 de Fevereiro, não teve
dificuldade para ser divulgada com amplitude. Desde as 11h:00 comecei a
receber notícias concretas. Na noite anterior dormira como nunca. Tinha
a consciência tranquila e me prometera umas ferias. Os dias de tensão,
esperando a proximidade de 24 de Fevereiro, deixaram-me exausto.

Reflexões de Fidel »

O CANDIDATO REPUBLICANO (Quinta e última parte)

O CANDIDATO REPUBLICANO (Quinta e última parte)

Os artigos aos quais fiz referência na reflexão de ontem, 14 de fevereiro, foram escritos durante os últimos dois ou três dias.