Reflexões de Fidel »

A viagem triunfal

A viagem triunfal

As agências de notícias transmitiram rápido. As notícias não são risíveis, mas irónicas sim. Cada qual disse o seu. Houve uma competição, isto é, competiram. Também chegaram imagens fílmicas de Dick Cheney, o autor intelectual, e seu discípulo McCain; aparecem disciplinadamente entre numerosas pessoas, numa espécie de sala de aulas com cadeiras simples, em que se encontra todo o tipo de chefes treinados na arte de matar. Utilizarei frases simples e algumas opiniões de alunos, professores, repórteres e instituições que refletem a crua realidade.

Reflexões de Fidel »

SEDE DE SANGUE (II)

SEDE DE SANGUE (II)

O império não se resigna a ser o único perdedor na reunião do Grupo de Rio celebrada em São Domingos no dia 7 de Março. Deseja armar de novo o sangrento andaime. Não é difícil demonstrá-lo.

Reflexões de Fidel »

SEDE DE SANGUE (I)

SEDE DE SANGUE (I)

O império não se resigna a ser o único perdedor na reunião do Grupo de
Rio celebrada em São Domingos no dia 7 de Março. Deseja armar de novo o
sangrento andaime. Não é difícil demonstrá-lo.

Reflexões de Fidel »

SEMPRE LADEIRA ACIMA

SEMPRE LADEIRA ACIMA

Os estudantes do Ensino Médio reuniram-se: realizava-se o seu XI Congresso. Ao escutá-los, experimentei um saudável orgulho e uma inexplicável inveja. Que privilégio a sua fecunda idade! Se hoje é massivo o estudo universitário, também é massiva uma atividade mais importante: a batalha de idéias antes de ingressarem nas universidades.

Reflexões de Fidel »

A VISITA DE CHÁVEZ

A VISITA DE CHÁVEZ

Raúl o convidara. Disse que não me queria ver para não me contagiar com o vírus da gripe. Puros pretextos para não se submeter à tortura das minhas perguntas habituais. Para quê tomo a Vitamina C? ? mando-lhe a dizer. Acaso vão adoecer todos os chefes e chefas de Estado que estavam na calorosa e feliz reunião final do Grupo de Rio?

Reflexões de Fidel »

O ÚNICO PERDEDOR

O ÚNICO PERDEDOR

Foi por nocaute, na capital da República Dominicana. Tivemos a possibilidade de acompanhar o encontro através da Telesur sem perder um segundo. Ali estavam quase todos os Presidentes latino-americanos do Grupo do Rio. Correa, presidente do Equador, o anunciou um dia antes. Numa reflexão me atrevi a enfatizar a importância dessa reunião. Não foi realizada no seio da OEA. O essencial é que os diplomatas dos Estados Unidos não estavam presentes. De uma ou de outra forma, apesar das profundas diferenças ideológicas e táticas, todos brilharam e revelaram as qualidades que os levaram a desempenhar cargos importantes dentro do Estado.

Reflexões de Fidel »

O TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL

O TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL

La Hojilla, programa da Venezuelana de Televisão, selecionou, durante vários meses até ontem 5 de março, dados e frases que refletem com precisão o plano imperialista de fazer com Chávez o mesmo que fizeram com Milosevic depois da guerra genocida de Kosovo: julgá-lo no Tribunal Penal Internacional.

Reflexões de Fidel »

RAFAEL CORREA

RAFAEL CORREA

Lembro quando nos visitou, meses antes da campanha eleitoral na qual pensava candidatar-se à Presidência de Equador. Foi Ministro de Economia do governo de Alfredo Palácio, médico cirurgião com prestígio profissional, que também nos visitou em sua condição de Vice-presidente, antes de aceder à presidência, por situações imprevistas que aconteceram no Equador. Ele foi receptivo ao programa de operações oftalmológicas que lhe oferecemos como forma de cooperação. Existiam boas relações entre ambos os governos.

Reflexões de Fidel »

OS CRISTÃOS SEM BÍBLIAS

OS CRISTÃOS SEM BÍBLIAS

Os médicos e o resto dos profissionais e técnicos da saúde cubana constituem uma força excepcional. Nenhum país tem algo semelhante; da mesma forma que os soldados internacionalistas da nossa ilha, formaram-se no combate. Suas missões no estrangeiro ajustam-se a rigorosas normas éticas. Os seus serviços são oferecidos gratuitamente ou se comercializam, segundo as circunstâncias do país receptor. Eles não são exportáveis.

Reflexões de Fidel »

A partida prematura

A partida prematura

Foi se nos Sergio. Escutei há pouco tempo pela televisão as notícias
sobre a incineração de seu cadáver. Era muito mais novo do que eu. Se
tivéssemos uma maior cultura sobre a saúde, talvez não tivesse partido
tão cedo. Dele aprendi quando visitava as belas montanhas do centro da
Ilha. Admirava os seus princípios. Tenho a certeza que não tinha
gostado que suas cinzas repousassem no cemitério da capital.  Tomara
que seus familiares ou aqueles que tenham esse direito, decidam
colocá-las nalguma floresta do Escambray, onde uma árvore cresça junto
a sua memória. Aceitarei qualquer decisão com sincera honestidade.