Artigos de Estados Unidos

Notícias »

Linhas de mensagens sobre a Lei Helms-Burton

cartel HB

Informação relacionada: Em 12 de Março de 1996, o presidente dos Estados Unidos da América, William Clinton, assinou a Lei Pública Nº. 104-114, “Lei para a liberdade e a solidariedade democráticas cubanas (Lei Liberdade) de 1996”, conhecida popularmente como Helms-Burton, pelo nome dos seus patrocinadores republicanos: o senador de Carolina do Norte, Jesse Helms e o representante por Indiana, Dan Burton.

Notícias »

Não serão capazes de nos parar: vamos viver e vamos vencer

Medidas TRUMP CUBA

A agressividade da administração Trump contra o nosso país parece não ter fim. Às sanções já anunciadas em 17 de abril e à ativação do Título III da Lei Helms-Burton, na terça-feira somou-se a decisão do Departamento do Tesouro de não permitir as viagens culturais e educacionais de contato com o povo cubano, mais conhecidas como «people to people», e outras relacionadas aos serviços de viagem e transporte, remessas, bancos, negócios e telecomunicações, entre outros.

Notícias »

Contra a Helms-Burton: todas as vozes, todas

cartel Helms Burton

MAIS de 400 personalidades do mundo denunciaram em um pronunciamento internacional a ativação do Título III da Lei Helms-Burton, dos Estados Unidos contra Cuba.

Notícias »

Crianças vítimas do mesmo vitimizador

Niños

O menino venezuelano Geovanny e o iraquiano Qasim nunca se encontraram. O primeiro, de seis anos, teve seu pequeno coração paralisado enquanto esperava por um transplante de medula óssea em um hospital italiano, por meio de um acordo com a empresa estatal venezuelana PDVSA, mas Donald Trump ordenou que fosse bloqueado o dinheiro da nação bolivariana nos bancos europeus e o menino morreu sem saber por que sancionaram seu país.

Notícias »

Prosur com ventos do Norte

Trumnp titere

FRUSTRADOS, talvez, pelos fracassos em seu plano contra a Venezuela e por não conseguirem os resultados exigidos pelo governo de Donald Trump, vários líderes, representantes da direita e da extrema direita da América do Sul, acabam de assinar um documento para criar o que chamaram Fórum para o Desenvolvimento da América do Sul (Prosur).

Notícias »

A agressão contra a Venezuela deve parar

banderas cuba Venezuela

O Governo Revolucionário da República de Cuba condena e rejeita fortemente a tentativa de impor, através de um golpe, um governo fantoche que serve aos Estados Unidos na República Bolivariana da Venezuela, e manifesta a sua solidariedade para com o Governo constitucional do presidente constitucional Nicolás Maduro Moros.

Notícias »

Venezuela rompe relações diplomáticas com os Estados Unidos

Venezuela

«Nosso apoio e solidariedade ao presidente Nicolas Maduro contra as tentativas imperialistas para desacreditar e desestabilizar a Revolução Bolivariana» disse o presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros de Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, perante a interferência do governo dos Estados Unidos que pretende instalar um governo fantoche na Venezuela.

Notícias »

Cuba: mais próxima do mundo em 2018, apesar da hostilidade dos EUA

Cuba vs EEUU

Em meio a uma escalada estadunidense para isolar Cuba, a ilha esteve em 2018 na mira do mundo, exemplo do qual foi a chegada aqui de altos funcionários de aproximadamente 30 países. Por esse motivo, o ano que está por concluir pode ser considerado como um dos mais produtivos para a nação antilhana quanto a fomentar relações bilaterais cultivadas ao longo de seis décadas de Revolução.

Notícias »

Estados Unidos: quando as armas não são suficientes

Imagenes guerra Iraq

A fim de superar a resistência dos povos, as armas nunca foram suficientes. À guerra, as ocupações e colonizações acompanha e muitas vezes antecede, a imposição da cultura do invasor.

Notícias »

Cuba: a obsessão dos EUA

Cuba Bloqueo

Cuba é, por muitos anos, um tema recorrente na agenda de qualquer um que tenha passado pelo mais alto cargo político nos Estados Unidos, as palavras são repetidas e a retórica é sempre a mesma, e se em um determinado momento se registrou uma melhoria nas relações bilaterais, o governo Donald Trump jogou (quase) tudo por terra.