Artigos de Estados Unidos

Notícias »

Casa Branca exclui mudança de atitude de Washington para Cuba

biden

A porta-voz da Casa Branca Jen Psaki disse na terça-feira, 9 de março que Washington não planeja modificar suas restrições a Havana em curto prazo, observando que «uma mudança de política em relação a Cuba não está atualmente entre as principais prioridades do presidente Biden, mas estamos comprometidos em tornar os direitos humanos uma prioridade da política dos EUA».

Notícias »

Cuba não esquece esse fato

La coubre

Em 4 de março de 1961, na cerimônia de comemoração do primeiro aniversário da sabotagem do navio francês La Coubre, o comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz disse: «Quando o navio La Coubre explodiu, com aquele resultado desanimador de trabalhadores e soldados destruídos pela sabotagem criminosa, nossos inimigos estavam nos avisando do preço que estavam dispostos a nos cobrar; mas também nos ensinavam que, por mais caro que fosse o preço que nos obrigassem a pagar pela Revolução, o preço que forçariam nosso povo a pagar por querer fazer uma Revolução seria muito mais

Notícias »

A pátria é cantada com um coração puro

Cuba pueblo artistas

A criação artística que não tem bandeira própria nasce órfã da «alma» e do sentido; que se consolida no ressentimento alheio; e que busca, como única finalidade, tentar contaminar o pensamento com a manipulação, na conveniência, da história de um povo e de sua cultura. Este tipo de criação não é excitante, nem contagiante, nem convidativa.

Notícias »

Martí no orgulho de sua bandeira, que nunca foi mercenária

Marti

«Ele escreve de maneira mais brilhante do que qualquer pessoa na Espanha ou na América» Com apenas um traço, Rubén Darío reconheceu em nosso Apóstolo aquele talento que desencadeou, ao mesmo tempo, admiração, inveja e medo, porque a literatura transbordava; «Martí fotografa e esculpe na língua, pinta ou define a ideia, seu pensamento é um relâmpago; sua palavra um tímpano ou uma folha de prata ou um estrondo».

Notícias »

Relatório revela a arbitrariedade de Trump em relação a supostos «ataques sônicos» em Havana

cartel Trump

Um relatório secreto do Departamento de Estado dos Estados Unidos indica que a decisão do governo Trump de desativar os serviços da embaixada daquele país em Havana, em face dos supostos «ataques sônicos» perpetrados contra seus diplomatas, foi uma «resposta» política atormentada por péssima gestão, falta de coordenação e não cumprimento de procedimentos.

Notícias »

Milhões por uma democracia Made in USA

USAIN NED

Embora nunca tenha produzido os frutos que seus promotores esperam, a subversão contra Cuba continua sendo um negócio lucrativo que movimenta milhões de dólares. Disfarçado de múltiplas formas, por meio de agências, empresas e organizações que quase nunca são transparentes na gestão de seus recursos, o patrocínio de ações que buscam derrubar a Revolução ultrapassou os US$ 249,5 milhões nas últimas duas décadas.

Notícias »

«Se houvesse uma lista de países que patrocinam a solidariedade e a vida, Cuba estaria em primeiro lugar»

Cuba EEUU terrorismo

A opinião internacional condena a ação de incluir Cuba em uma lista unilateral de patrocinadores do terrorismo e critica o caráter inédito desta nova medida do governo cessante da Casa Branca. Foi o que demonstrou, em sua declaração, o secretário executivo da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América—Acordo de Comécio com os Povos (ALBA-TCP), Sacha Llorenti, ao qualificar a decisão de Washington de arbitrária, considerando-a uma violação «da Carta das Nações Unidas e o Direito Internacional».

Notícias »

Cuba é uma nação pacífica vítima do terrorismo dos Estados Unidos

Cuba estados Unidos terrorismo

«Cuba se opõe ao terrorismo: foi vítima deste flagelo, nunca o patrocinou. O desacreditado governo Trump faz todo o possível para travar e impedir uma melhoria nas relações durante a presidência de Biden», disse o presidente da República, Miguel Díaz-Canel, em sua conta no Twitter, comentando sobre a inclusão fraudulenta e arbitrária da Ilha maior das Antilhas como uma nação que favorece essa prática denegrente. O Parlamento cubano também rejeitou a presença do país na lista espúria, por meio de uma declaração de sua Comissão das Relações Internacionais, na qual denuncia que «os Estados Unidos não têm autoridade nem mandato.

Notícias »

Condenação firme e absoluta da fraudulenta qualificação de Cuba como Estado patrocinador do terrorismo

cuba marti embajada

O ministério das Relações Exteriores condena nos termos mais veementes e absolutos a fraudulenta qualificação de Cuba como Estado patrocinador do terrorismo, anunciada pelo governo dos Estados Unidos em ato cínico e hipócrita. Há meses vinha se especulando acerca da possibilidade de incluir Cuba na lista unilateral do Departamento de Estado que qualifica países, sem mandato ou legitimidade, sem motivação genuína, referindo-se ao terrorismo e suas consequências, e como instrumento de difamação para aplicar medidas econômicas coercitivas contra as nações que resistem a ceder aos caprichos do imperialismo norte-americano.

Notícias »

Cuba se opõe à violência e às expressões de supremacia

capitolio eeuu asalto

O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, lamentou a morte de várias pessoas como resultado da irrupção de seguidores do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no Congresso daquele país. Em sua conta no Twitter, o chefe de estado cubano condenou esse ato, assim como as expressões de violência e supremacia. Após um dia de terror extremo, descrito pela própria mídia do país como um choque para o coração da democracia norte-americana.