Reflexões de Fidel »

O WATERLOO IDEOLÓGICO

O WATERLOO IDEOLÓGICO

Tenho muitas reflexões adiantadas em virtude de promessas. Uma delas
está relacionada com as ideias essenciais do livro de Greenspan,
ex-presidente da Reserva Federal, utilizando as suas próprias palavras.
Nesse texto se pode perceber com clareza a pretensão imperialista de
continuar a comprar o mundo e os seus recursos naturais e humanos
pagando com notas de papel perfumadas.

Reflexões de Fidel »

O DEBATE DA CIMEIRA

O DEBATE DA CIMEIRA

As paredes, a distância e o tempo ficaram reduzidos a zero. Parecia
irreal. Nunca acontecera um diálogo parecido entre Chefes de Estado e
de Governo, que quase na sua totalidade representavam países pilhados
durante séculos pelo colonialismo e pelo imperialismo. Nenhum facto
podia ser mais didáctico.

Reflexões de Fidel »

O VALOR DAS IDEIAS

O VALOR DAS IDEIAS

Che era um homem de ideias.

Reflexões de Fidel »

BUSH, MAMBÍ ?

BUSH, MAMBÍ ?

Viva Cuba Livre! foi o grito de guerra com o qual se identificavam em
planícies e montanhas, florestas e canaviais, os que começaram em 10 de
Outubro de 1868 a primeira guerra pela independência de Cuba.

Reflexões de Fidel »

BUSH, A FOME E A MORTE

BUSH, A FOME E A MORTE

Pela primeira vez, antes de que seja discutido como cada ano o projecto
de resolução cubano de condenação ao bloqueio na ONU, o Presidente dos
Estados Unidos anuncia que adoptará novas medidas para acelerar o
“período de transição” no nosso país, que equivale à reconquista de
Cuba pela força.

Reflexões de Fidel »

AS ELEIÇÕES

AS ELEIÇÕES

As nossas eleições são a antítese das que são feitas nos Estados
Unidos, não num domingo, mas na primeira terça-feira de Novembro. Lá, a
primeira coisa é ser bem rico, ou contar com o apoio de muito dinheiro.
Depois, investir verbas enormes em publicidade, que é experiente em
lavagem de cérebros e reflexos condicionados. Embora há honrosas
excepções, ninguém pode aspirar a nenhum cargo importante se não dispõe
de milhões de dólares.

Reflexões de Fidel »

SILÊNCIO CÚMPLICE

 SILÊNCIO CÚMPLICE

O mundo não se pode dar o luxo de permitir que o drama da guerra da
NATO contra Jugoslávia seja esquecido pelo silêncio dos que foram
actores e cúmplices importantes daquele brutal genocídio.

Na reunião de Clinton com Aznar em 13 de Abril de 1999 na Casa Branca,
onde foi tomada a decisão de intensificar os bombardeamentos e em que
Aznar sugeriu atacar a televisão, a rádio e outros pontos que custariam
a vida a incontáveis civis indefesos, estavam o presidente Clinton, o
Conselheiro de Segurança Nacional Sandy Berger, a Secretaria de Estado
Madeleine Albright e outros colaboradores próximos do Presidente, entre
eles quem recebeu de Berger a ordem de não tomar nota quando se falava
de Cuba.

Reflexões de Fidel »

CHE

CHE

Faço uma paragem no combate diário para inclinar minha testa, com respeito e gratidão, perante o combatente excepcional que tombou em 8 de Outubro há 40 anos. Pelo exemplo que nos legou com sua Coluna Invasora, que atravessou os terrenos pantanosos ao sul das antigas províncias de Oriente e Camagüey perseguido por forças inimigas, libertador da cidade de Santa Clara, criador do trabalho voluntário, cumpridor de honrosas missões políticas no exterior, mensageiro do internacionalismo militante no leste do Congo e na Bolívia, plantador de consciências em nossa América e no mundo.

Reflexões de Fidel »

MENSAGENS ENVIADAS A MILOSEVIC E SUS RESPOSTA

MENSAGENS ENVIADAS A MILOSEVIC E SUS RESPOSTA

Em 2 de abril de 1999 enviei a segunda mensagem a Milosevic através de nossa Missão na ONU:

Reflexões de Fidel »

A RESPOSTA DE MILOSEVIC

A RESPOSTA DE MILOSEVIC

Na reflexão da segunda-feira 1º de outubro, fiz referência à mensagem que enviei a Milosevic em 25 de março de 1999.