Notícias »

Ataque a caminhão de combustível da OTAN causa 16 mortos no Paquistão

(Prensa Latina)

Pelo menos 16 pessoas morreram hoje no noroeste do Paquistão em um incêndio que se desatou depois de um ataque contra um caminhão carregado de combustível para as tropas da OTAN no Afeganistão.

O canal de televisão DawnNews informou que a tragédia ocorreu nas primeiras horas deste sábado na região de Landi Kotal, área tribal de Khyber, bem perto da fronteira afegã.

Segundo a versão policial citada pela televisora, a explosão de uma bomba aderida ao veículo desatou um primeiro incêndio, que acreditavam ter apagado. Mas quando algumas pessoas se aproximaram para recolher o combustível derramado, o fogo explodiu de novo, e os envolveu.

Entre as vítimas estão pelo menos 10 membros de uma mesma família da zona, agregou o relatório.

DawnNews informou também a destruição de outros 11 caminhões-tanque de combustível da OTAN em outro ataque com bomba ocorrido ontem à noite no povoado vizinho de Torkham, ainda que neste caso não se registraram mortos ou feridos.

O comboio estava detido em um estacionamento quando foi atacado por supostos rebeldes islâmicos que operam na região.

Pelas estradas paquistanesas transita quase metade dos materiais destinados aos 140 mil soldados que a Organização do Tratado do Atlântico Norte mantém no Afeganistão.

Entram no Paquistão pelo porto de Karachi ao sul, e depois são transportados para o país vizinho através da Passagem de Khyber, no noroeste, ou pelo posto fronteiriço de Baluchistão, no sudoeste.

De acordo com cifras extraoficiais, a OTAN perdeu mais de 200 caminhões no ano passado dentro do território Paquistanês como resultado de ataques perpetrados por insurgentes armados, supostamente vinculados ao movimento Taliban afegão e à rede Al Qaeda.

Até agora em 2011, mais de cem veículos com combustível ou outros materiais para as tropas estrangeiras foram atacados e destruídos enquanto passam pelo Paquistão.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*