Reflexões de Fidel »

UM POVO SOB O FOGO

UM POVO SOB O FOGO

Venezuela, cujo povo herdou de Bolívar ideias que transcendem a sua época, encara hoje a tirania mundial mil vezes mais poderosa do que a força colonial da Espanha somada à da República recém-nascida dos Estados Unidos, que através de Monroe proclamou o direito à riqueza natural do continente e ao suor dos seus povos.

Reflexões de Fidel »

A FACTURA PETROLEIRA E O DESENVOLVIMENTO

A FACTURA PETROLEIRA E O DESENVOLVIMENTO

Chávez o disse com muita clareza no Riade: a factura de petróleo e gás
dos países em desenvolvimento atinge o milhão de milhões de dólares.
Propôs à OPEP, que esteve a ponto de ser dissolvida antes da chegada ao
poder do governo bolivariano ?que a presidiu e preservou ao longo de 8
anos?, assumir o papel para o qual foi criado o Fundo Monetário
Internacional e nunca cumpriu.

Reflexões de Fidel »

O DIÁLOGO COM CHÁVEZ

O DIÁLOGO COM CHÁVEZ

Em 15 de novembro passado fiz referência à terceira reflexão sobre a Reunião de Cúpula Ibero-americana; diz textualmente “que pelo momento não publico”. Contudo, parece-me mais proveitoso fazê-lo antes do referendo de 2 de dezembro.

Reflexões de Fidel »

EM HONRA DE SERGIO DEL VALLE

EM HONRA DE SERGIO DEL VALLE

Sergio e eu tivemos o privilégio de estar ali no posto de comando
situado à direita da foz do rio Almendares no amanhecer do dia 15 de
Abril, quando bombardeiros B-26 dos Estados Unidos da América, com insígnias cubanas e pilotos
mercenários atacaram as bases aéreas de Ciudad Libertad, San Antonio de
los Baños e o aeroporto civil de Santiago de Cuba, há 46 anos.

Reflexões de Fidel »

O WATERLOO IDEOLÓGICO

O WATERLOO IDEOLÓGICO

Tenho muitas reflexões adiantadas em virtude de promessas. Uma delas
está relacionada com as ideias essenciais do livro de Greenspan,
ex-presidente da Reserva Federal, utilizando as suas próprias palavras.
Nesse texto se pode perceber com clareza a pretensão imperialista de
continuar a comprar o mundo e os seus recursos naturais e humanos
pagando com notas de papel perfumadas.

Reflexões de Fidel »

O DEBATE DA CIMEIRA

O DEBATE DA CIMEIRA

As paredes, a distância e o tempo ficaram reduzidos a zero. Parecia
irreal. Nunca acontecera um diálogo parecido entre Chefes de Estado e
de Governo, que quase na sua totalidade representavam países pilhados
durante séculos pelo colonialismo e pelo imperialismo. Nenhum facto
podia ser mais didáctico.

Reflexões de Fidel »

O VALOR DAS IDEIAS

O VALOR DAS IDEIAS

Che era um homem de ideias.

Reflexões de Fidel »

BUSH, MAMBÍ ?

BUSH, MAMBÍ ?

Viva Cuba Livre! foi o grito de guerra com o qual se identificavam em
planícies e montanhas, florestas e canaviais, os que começaram em 10 de
Outubro de 1868 a primeira guerra pela independência de Cuba.

Reflexões de Fidel »

BUSH, A FOME E A MORTE

BUSH, A FOME E A MORTE

Pela primeira vez, antes de que seja discutido como cada ano o projecto
de resolução cubano de condenação ao bloqueio na ONU, o Presidente dos
Estados Unidos anuncia que adoptará novas medidas para acelerar o
“período de transição” no nosso país, que equivale à reconquista de
Cuba pela força.

Reflexões de Fidel »

AS ELEIÇÕES

AS ELEIÇÕES

As nossas eleições são a antítese das que são feitas nos Estados
Unidos, não num domingo, mas na primeira terça-feira de Novembro. Lá, a
primeira coisa é ser bem rico, ou contar com o apoio de muito dinheiro.
Depois, investir verbas enormes em publicidade, que é experiente em
lavagem de cérebros e reflexos condicionados. Embora há honrosas
excepções, ninguém pode aspirar a nenhum cargo importante se não dispõe
de milhões de dólares.