Notícias »

Raúl parabeniza Carilda Oliver em seu 95º aniversário natalício

CarildaO presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, general-de-exército Raúl Castro Ruz, enviou na quinta-feira, 6 de julho, uma carta de parabéns à poetisa Carilda Oliver Labra, Prêmio Nacional de Literatura, no seu 95º aniversário natalício.

«Tão valiosa obra poética e o compromisso que a senhora manteve sempre com a Pátria, fizeram-na credora da admiração e o carinho de todo nosso povo», assegurou o presidente cubano na carta lida pelo presidente da União dos Escritores e Artistas de Cuba (Uneac), Miguel Barnet.

«Não poderia deixar de lhe reiterar, em uma data tão significativa como é seu 95º aniversário, que o inesquecível ‘Canto a Fidel’ que a senhora escreveu há 60 anos, além de uma prova de coragem, também atesta sua provada lealdade à nossa Revolução e a seu Líder Histórico», sustentou após parabenizá-la e enviar-lhe um forte abraço.

O general-de-exército lhe enviou, ainda, um ramo de rosas, do qual foi portador Abel Prieto, ministro da Cultura.

Na cerimônia de homenagem e reconhecimentos, na qual esteve presente uma representação da vanguarda intelectual de Matanzas, o Conselho de Estado da República de Cuba, em um ato de suprema justiça, outorgou à poetisa a Ordem Félix Varela de Primeiro Grau.

Durante a empolgante comemoração, a habitual tertúlia ‘Al Sur de mi garganta’, escutou-se mais de uma voz para enaltecer essa mulher que conseguiu seduzir várias gerações com sua poesia e sua própria existência.

No ato de homenagem também marcaram presença Teresa Rojas Monzón, primeira secretária do Partido, e Tania León Silveira, presidenta da Assembleia do Poder Popular (governo) na província.

Alentada pela ocasião e os reconhecimentos, Carilda disse que estava contente do ocorrido em seu aniversário e agradeceu a todos pelas manifestações de gratidão, embora afirmasse, com sua tradicional agudeza que ela não se sentia como uma mulher de 95 anos. «Não os tenho, portanto nós todos estamos enganados nisso», reafirmou sorridente.

(Carta do presidente cubano Raúl Castro)

Havana, 6 de julho de 2017

«Ano 59º da Revolução»

Estimada Carilda:

Sua valiosa obra poética e o compromisso que a senhora sempre manteve com a Pátria fizeram-na credora da admiração e do carinho de nosso povo todo.

Não poderia deixar de lhe reiterar, em uma data tão significativa como é seu 95º aniversário natalício, que o inesquecível ‘Canto a Fidel’ que a senhora escreveu há 60 anos, além de uma prova de coragem, também atesta sua provada lealdade à nossa Revolução e ao seu Líder Histórico.

Receba os meus parabéns e um forte abraço

Raúl Castro Ruz

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*