Notícias »

Presidente cubano teve encontro com o presidente dos Estados Unidos

Raul y Obama ONUO presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Raúl Castro Ruz, teve um encontro, na terça-feira, 29 de setembro, com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no contexto do segmento de alto nível do 70º período de sessões da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Durante o encontro, que se desenvolveu em um ambiente respeitoso e construtivo, ambos os mandatários trocaram impressões acerca da visita de sua Santidade o papa Francisco a Cuba e aos Estados Unidos; coincidiram na necessidade de trabalhar na agenda de temas que ambos os países acordaram para os próximos meses como parte do processo rumo à normalização das relações.

No particular, os presidentes falaram de questões referidas à cooperação em áreas de benefício mútuo e em terceiros países, como é o caso do Haiti, o diálogo sobre assuntos de interesse bilateral e multilateral, e a solução de problemas pendentes entre as duas nações.

O presidente Raúl Castro reiterou que para que haja relações normais entre Cuba e os Estados Unidos deve ser levantado o bloqueio, que causa danos e privações ao povo cubano e afeta os interesses dos cidadãos estadunidenses, e devem ser resolvidos outros assuntos que são lesivos para a soberania cubana.

O presidente cubano ratificou a vontade de Cuba de trabalhar para construir um novo tipo de relações entre Cuba e os Estados Unidos, baseadas no respeito e a igualdade soberana.

Acompanharam o presidente dos Estados Unidos, o secretário de Estado, John Kerry; a assessora de Segurança Nacional, Susan Rice; o vice-assessor de Segurança Nacional, Benjamin Rhodes; o diretor dos Assuntos Hemisféricos do Conselho de Segurança Nacional, Mark Feierstein; e a representante permanente dos Estados Unidos perante as Nações Unidas, Samantha Power. Pela parte cubana estiveram presentes o ministro das Relaçoes Exteriores, Bruno Rodríguez Parrilla; Alejandro Castro Espín e Juan Francisco Arias Fernández, assessor e vice-assessor, respectivamente, da Comissão de Defesa e Segurança Nacional; Josefina Vidal Ferreiro, diretora-geral para os Estados Unidos da chancelaria; e o embaixador de Cuba no0s Estados Unidos, José Ramón Cabañas Rodríguez.

(Granma)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*