Notícias »

Músicos latino-americanos dedicarão disco aos Cinco

Músicos do Uruguai, Argentina, Chile e Cuba unirão suas vozes e composições em um disco que chegará ao público no início do próximo ano, em solidariedade com os cinco antiterroristas cubanos presos nos Estados Unidos.

Em entrevista à Prensa Latina, o cantor e compositor chileno Ismael Durán, autor do projeto, explicou que o álbum contempla a participação de reconhecidos artistas da região, entre os quais se destacam Vicente Feliú, Andrés Ordaz Aguilera (Pepe), Isabel Parra, León Gieco e Daniel Viglietti, além dos grupos Manguaré e Inti Illimani, de Cuba e do Chile respectivamente.

Agregou que também se prevê a assistência de intérpretes e compositores espanhóis, estadunidenses e canadenses, como convidados, e a inclusão de poemas escritos por Gerardo Hernández, Ramón Labañino, Fernando González, Antonio Guerrero e René González, presos desde 1998.

Convidado em maio último à Feira Internacional Cubadisco 2012, Durán qualificou o trabalho de bonito e difícil, já que cada músico gravará os temas em seu país de origem para depois enviá-los a Havana, onde será realizada a produção final sob gestão do selo discográfico Abdala.

Ainda que serão incluídos diferentes estilos musicais como o hip-hop, no disco predominará a música tradicional latino-americana, um gênero que segundo este trovador conseguiu sobreviver aos embates do mercado musical e sua comercialização, porque “a arte e as raízes culturais se mantêm vivas graças aos povos”, enfatizou.

Sobre suas relações de trabalho com Manguaré, agrupamento junto ao qual já gravaram as duas primeiras músicas do trabalho, Durán apontou que datam de sua primeira visita a Cuba há alguns anos.

Ao lado deste grupo tive a oportunidade de gravar, em 2010, um par de canções: Mi sombrerito cubano e Guanabacoa bela, música com a qual conseguimos o prêmio de Melhor canção latina em 2011, entregue pela Fundação John Lennon nos Estados Unidos, indicou.

A ideia de produzir um disco em solidariedade aos antiterroristas cubanos surgiu em abril passado durante as atividades desenvolvidas na cidade estadunidense de Washington, como parte da campanha Cinco dias pelos cinco.

Naquela ocasião, foi proposto ao Comitê Internacional pela Liberdade dos Cinco a realização deste trabalho discográfico que já conta com uma música do compositor cubano Iván Pedroso, e outra de sua inspiração titulada Cinco almas, na qual exige liberdade para Gerardo, René, Antonio, Ramón e Fernando.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*