Artigos de Terrorismo

Notícias »

Discurso de ódio dos EUA contra Cuba promove ações terroristas

odio-cuba-eeuu

Como parte da segunda sessão da Semana Vitual contra o Terrorismo das Nações Unidas, a embaixadora Ana Silvia Rodríguez Abascal, representante permanente e encarregada de negócios a.i. de Cuba perante a ONU expressou, em 7 de julho, sua preocupação pela prática, por parte de alguns governos, como o dos Estados Unidos, de utilizar mensagens de ódio e discriminação.

Notícias »

Nós os cubanos temos o país, ou preferimos a morte

Patria o muerte

Reconhecer-se como o principal arquiteto de seu destino, como o principal agente de mudanças em seu próprio benefício, como um mecanismo essencial para a Revolução, é a principal força dos povos. Nosso povo bem sabe disso, porque cada centímetro do manto de liberdade que nos protege, todo centímetro de terra em que vive o ser humano digno, todo trabalho colossal que se ergue nesta Ilha, ostenta a marca imperecível de sangue, suor e o sacrifício deste povo corajoso, cuja entrega emana constantemente e em abundância de seus princípios inalienáveis.

Notícias »

Cuba não esquece um dos traços mais tristes do terrorismo de Estado

Explosion La coubre

Na manhã de 4 de março de 1960. O vapor francês La Coubre navega na baía de Havana, tendo saído dias antes do porto de Antuérpia, na Bélgica, carregado de armamento e munição para a defesa da nascente Revolução. Uma imagem da época imortaliza o momento da chegada à doca. Parece imenso e imponente, como se as mais de 4.000 toneladas de sua estrutura levitassem sobre as águas.

Notícias »

O que nos deixou o dia 11 de setembro de 2001?

Torres Gemelas

AINDA doem aquelas imagens diante das quais o mundo ficaria paralisado, na terça-feira, 11 de setembro de 2001, quando as torres desmoronaram, o que desencadearia uma trilha de guerras que — à luz de hoje — parecem nunca terminar

Notícias »

Cuba faz apelo na ONU a dar resposta multilateral e unida ao terrorismo

onu sala

Cuba advogou, em 13 de fevereiro, no Conselho de Segurança da ONU a dar uma resposta multilateral e unida ao fenômeno do terrorismo, longe das ações unilaterais e dos duplos padrões.
Em um debate aberto do órgão de 15 membros sobre as ameaças terroristas à infraestrutura vital, a representante permanente cubana nas Nações Unidas, Anayansi Rodríguez, precisou que Havana respalda a adoção de uma convenção geral sobre o flagelo e a convocatória a uma conferência mundial que promova esse tipo de respostas.

Notícias »

Raúl assinou livro de condolências na Embaixada francesa

Raul condolencias Francia

O presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, general-de-exército Raúl Castro Ruz, chegou na tarde da segunda-feira, 16 de novembro, à embaixada da República Francesa para assinar o livro de condolências aberto em honra das vítimas dos atentados terroristas ocorridos em 13 de novembro, em Paris.
Nas páginas Raúl escreveu: “Em nome do povo e do governo de Cuba desejo reiterar ao povo e ao governo da França as mais sentidas condolências e nossa solidariedade, que transmito ainda aos familiares das inúmeras vítimas dos atrozes atentados terroristas de 13 de novembro passado, que condenamos firmemente”.

Notícias »

Cuba reconhece exclusão de lista sobre terrorismo

Josefina Vidal.

A chancelaria cubana reconheceu hoje a decisão do governo dos Estados Unidos de excluir a ilha da lista de países patrocinadores do terrorismo. Em uma declaração da Diretora Geral dos Estados Unidos do Ministério de Relações Exteriores, Josefina Vidal, informou-se sobre a ação do presidente norte-americano Barack Obama nesse tema.

Notícias »

Atacam bairro palestino perto de Damasco

explosiones-siria

Damasco, 3 ago (Prensa Latina) Um ataque com morteiros contra o bairro palestino Al-Yarmuk e fortes golpes aos grupos armados em várias partes da Síria, em especial na província de Alepo, caracterizam hoje os últimos acontecimentos no país. Embora acompanhada com atenção a renúncia do enviado especial da ONU, Kofi Annan, para a mediação no

Reflexões de Fidel »

A Vergonha Supervisionada De Obama

A Vergonha Supervisionada De Obama

Após 13 anos de cruel e imerecida prisão, o governo dos Estados Unidos —que engendrou monstros como Posada Carriles e Orlando Bosch, quem como agentes da Central de Inteligência ianque fizeram estourar em pleno vôo um avião cubano lotado de passageiros— obriga a René a permanecer nessa nação, onde ficará à mercê de assassinos impunes durante três longos anos sob um regime qualificado de “liberdade” supervisionada. Na cadeia injusta e vingativa continuarão por longos anos de confinamento outros três heróis cubanos, e mais outro condenado a cadeia perpetua por duas vezes. Assim responde o império ao crescente reclamo mundial pela liberdade dos mesmos.

Notícias »

Juventude Cubana participa de nova jornada pela libertação dos Cinco

Cinco cubanos prisioneros en Estados Unidos

A juventude cubana erguerá sua voz para reclamar liberdade e justiça negadas durante 13 anos aos Cinco compatriotas prisioneiros políticos em cárceres norte-americanos por combater o terrorismo. Gerardo Hernández, Antonio Guerrero, Ramón Labañino, René González, e Fernando González, foram detidos ilegal e arbitrariamente em Miami, a 12 de setembro de 1998, e, após processo manipulado, sentenciados a injustas penas.