Artigos de história

Notícias »

O imprescindível é escrever a História

Cuba Pensamiento

COM um apelo a estudar cabalmente a História de nosso país, e a defender e divulgar os valores sociais e espirituais da Revolução Cubana, concluiu em 15 de outubro, o Primeiro Simpósio Internacional “A Revolução Cubana: gênese e desenvolvimento histórico”, que se reuniu desde 13 de outubro, no Palácio de Convenções de Havana. René González Barrios, presidente do Instituto de História de Cuba, assinalou que este evento tem permitido radiografar a Revolução, “e enriquecer nossos olhares com os critérios expressos através dos diferentes trabalhos”. Essa análise crítica é o mais importante para construir um futuro seguro, para desenhar um país sólido, saudável e próspero, manifestou durante as palavras de encerramento.

Notícias »

Lançado em Xangai livro “Fidel Castro: Guerrilheiro do Tempo”

fidel libro

O livro “Fidel Castro: Guerrilheiro do Tempo”, com prólogo do próprio líder da Revolução Cubana, foi lançado em 15 de outubro, em Xangai, segunda cidade da China, por sua autora, Katiuska Blanco.
O lançamento deste texto editado em mandarim, que já foi apresentado na capital chinesa e em breve também na província de Guangzhou, faz parte das atividades despregadas durante este ano pela embaixada de Cuba aqui, a fim de comemorar o 55º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países.

Notícias »

Festa da Cubanidade em Bayamo

Dia Cultura nacioonal

Com um programa de luxo terá lugar, de 17 a 20 de outubro, nesta cidade, capital da oriental província de Granma, a 21ª Festa da Cubanidade, concorrido encontro de artes, debates literários e investigações históricas.
Assim foi confirmado, em um encontro com a imprensa, pelo diretor provincial de Cultura em Granma, Manuel Alvarez e presidente do comitê organizador do convite.

Notícias »

Destacam trascendência de Remedios para a cultura cubana

diaz canel remedios

“Não se poderá escrever a história de Cuba, sem falar de San Juan de los Remedios, cidade que fez um importante contributo à cultura cubana”, expressou o Historiador de Havana, Eusebio Leal Spengler, na sessão solene da Assembleia Municipal do Poder Popular, pelo ensejo do 500º aniversário da oitava vila fundada pelos espanhóis em Cuba, atividade presidida pelo segundo-secretário do Comitê Central do Partido, José Ramón Machado Ventura, e pelo primeiro vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Miguel Díaz-Canel Ber múdez.

Opiniões »

A crise da direita latino-americana

América Latina

A direita latino-americana vive o pior momento da sua história na América Latina. Uma situação correlata à expansão, inédita, de tantos governos progressistas na região e do isolamento dos EUA no continente. O momento de maior força da direita residiu no auge dos governos neoliberais, porque ali forças de origens distintas adotavam o receituário do FMI e do Banco Mundial, confluindo para um consenso continental inédito em torno das políticas predominantes no campo da direita em escala internacional. Poder dispor no campo da direita de partidos conservadores, mas também de forças como o PRI e o PAN no México, o PS e a DC no Chile, Copei e AD na Venezuela, o peronismo na Argentina – para dar alguns exemplos eloquentes – revelava uma capacidade hegemonia do seu projeto, que nunca a direita havia disposto anteriormente.