Artículos de Guerra

Reflexões de Fidel »

O PAPEL GENOCIDA DA NATO

O PAPEL GENOCIDA DA NATO

Essa brutal aliança militar tornou-se o mais pérfido instrumento de repressão que seja conhecido na história da humanidade. A NATO assumiu esse papel repressivo global logo depois do desaparecimento da URSS, que tinha servido como pretexto aos Estados Unidos para criá-la. O seu criminoso objetivo foi evidente na Sérvia, um país de origem eslava, cujo povo lutou tão corajosamente contra as tropas nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

Notícias »

Analistas nos EUA criticam legitimidade de rebeldes líbios

Libia

O aparecimento de Seif al-Islã, filho de Muamar Kadafi, em Trípoli põe hoje em dúvida a legitimidade de declarações rebeldes e evidência que a luta pelo controle de Líbia ainda não conclui, afirmaram analistas estadunidenses. A agência Stratfor, com base no Texas, confirmou que Seif Islã Kadafi se apresentou nesta terça-feira bem cedo na manhã no Rixos Hotel ante um grupo numeroso de repórteres estrangeiros.

Notícias »

Capital líbia sob bombardeio da OTAN

Rebeldes da Líbia

Esta capital sofre hoje uma nova onda de ataques por aviões da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), enquanto forças insurgentes reivindicaram novos avanços em terra, sem meios oficiais líbios os terem confirmado. Densas colunas de fumaça levantam-se na zona de Bab el Aziziya, onde está a residência do líder líbio Muamar Kadafi, e nos distritos da periferia oeste desta metrópole que é mais longa que alta, devido à reticência das famílias muçulmanas a residir em condomínios.

Reflexões de Fidel »

O Melhor e Mais Inteligente

O Melhor e Mais Inteligente

Ontem, por razões de espaço e tempo, não disse uma palavra do discurso pronunciado por Barack Obama na segunda-feira 28, a respeito da guerra na Líbia. Dispunha de uma cópia da versão oficial, fornecida à imprensa pelo Governo dos Estados Unidos. Tinha sublinhado algumas das coisas que ele afirmou. Voltei a revê-lo e cheguei à

Reflexões de Fidel »

A Guerra Fascista Da Nato

A Guerra Fascista Da Nato

Não era preciso ser um adivinho para saber o que previ com rigorosa precisão em três Reflexões que publiquei no sítio Web CubaDebate, entre 21 de fevereiro e 3 de março: “O plano da NATO é ocupar Líbia”, “Dança macabra de cinismo”, e “A Guerra inevitável da NATO”. Nem sequer os líderes fascistas da Alemanha e da Itália foram tão sumamente descarados por ocasião da Guerra Civil Espanhola desatada em 1936, um episódio de que muitos talvez se tenham lembrado nestes dias.