Artigos de Bloqueio

Notícias »

«Devemos acabar com o bloqueio contra Cuba»

bloqueo niños

O roteirista britânico Paul Laverty, que venceu o prêmio de roteiro no festival de San Sebastian, Espanha, com o filme Yuli , inspirado na vida do bailarino e coreógrafo cubano Carlos Acosta, catalogou o bloqueio de Cuba «como uma vergonha que deve acabar».

Notícias »

Uma política pode ser mais prejudicial que um furacão?

Bloqueo

QUANDO um furacão surge no tempo como uma ameaça à Ilha, todos os cubanos começam a se preocupar. Embora as medidas adotadas pela Defesa Civil garantam a preservação da vida humana e dos recursos materiais, sabe-se que as forças do vento e a intensidade da chuva não perdoam.

Notícias »

Washington aprofunda o recuo das relações com Cuba

josefina Vidal

«As novas medidas de Washington contra Cuba, que limitam tanto as viagens de seus cidadãos ao nosso país quanto os negócios com algumas entidades nacionais, confirmaram, em 8 de novembro, o sério recuo existente nas relações bilaterais sob a administração de Donald Trump», asseverou a diretora geral dos Estados Unidos do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Josefina Vidal.

Notícias »

Vamos persistir, com o consenso de nosso povo e, especialmente, o compromisso patriótico dos cubanos mais novos, na luta antiimperialista e na defesa de nossa independência

BRUNO ONU BLOQUEO

Discurso do ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez Parrilla, sobre o tema «Necessidade de acabar com o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos da América contra Cuba», na sede das Nações Unidas, Nova York, 1º de novembro de 2017.

Notícias »

EUA aplicam quarta multa neste ano para intensificar bloqueio a Cuba

Honda Corporation

O Departamento norte-americano do Tesouro impôs, durante o tempo decorrido até 28 de junho, quatro multas a empresas de seu país e estrangeiras por supostas violações ao bloqueio econômico, comercial e financeiro contra Cuba.

Notícias »

Imprensa paraguaia refletiu a vitória de Cuba na ONU

Cuba Onu

Assunção, 14 nov (Prensa Latina) A imprensa paraguaia refletiu ontem a vitória obtida por Cuba na Assembleia Geral das Nações Unidas pela contundente rejeição registrada ali ao bloqueio estadunidense à ilha caribenha. Exigem na Rússia fim do bloqueio a Cuba e liberdade a antiterroristas. As páginas digitais dos jornais, todos matinais, e os espaços noticiosos da rádio e televisão se referiram à votação adversa ao bloqueio que marcou um recorde a repudia-lo novamente.

Notícias »

Cubanos esperam nova condenação a bloqueio dos EUA contra a ilha

bloqueo

A presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, considerou imprescindível sua eliminação para que Cuba avance na atualização de seu modelo econômico, ante o qual chamou a “pôr fim a este anacronismo, que é condenado pela imensa maioria dos membros das Nações Unidas”, recordou o jornal.

Notícias »

Toda a Humanidade recusa o bloqueio a Cuba, disse dirigente paraguaio

bloqueo

Assunção, 9 nov (Prensa Latina) Toda a Humanidade está contra a manutenção do bloqueio dos Estados Unidos a Cuba porque se trata de um ato verdadeiramente criminoso, afirmou Ricardo Canese, secretário geral do paraguaio Frente Guasú. Em declarações a Prensa Latina, o dirigente dessa coalizão de partidos e movimentos de esquerda da nação guarani disse que o assédio de Washington à ilha caribenha significa um colossal atentado do império norte-americano contra os direitos humanos.

Notícias »

Sociedade civil cubana realiza debate na Internet sobre o bloqueio

bloqueo

adobe creative suite cs6 p>Havana, 6 nov (Prensa Latina) Representantes da sociedade civil cubana realizam esta semana um fórum-debate na Internet sobre o impacto do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos contra este país durante mais de meio século. Convocado pela Associação Cubana das Nações Unidas (ACNU), o fórum agrupa juristas, cientistas,

Opiniões »

Bloqueio dos EUA causou prejuízo superior a US$ 1 trilhão, diz Cuba

Bloqueo a Cuba

Quando amanheceu o dia 7 de fevereiro de 1962, uma ordem executiva do presidente dos Estados Unidos John F. Kennedy, assinada quatro dias antes, mudava drasticamente a vida dos cubanos. Como retaliação às nacionalizações de empresas norte-americanas e às crescentes relações com a União Soviética, a Casa Branca praticamente baniu vínculos comerciais com a ilha caribenha, além de proibir linhas de crédito e vários outros tipos de intercâmbio. Tinha início um dos mais duradouros e drásticos bloqueios econômicos da história moderna.