Reflexões de Fidel »

Será que exagero?

Depois de me referir nos dias 17 e 18 de agosto ao livro de Daniel Estulin que relata com fatos incontestáveis a forma horrível em que as mentes de jovens e crianças dos Estados Unidos são deformadas pelas drogas e pela mídia, com a participação ciente dos organismos de inteligência norte-americanos e ingleses, no final da  última Reflexão expressei: “Resulta terrível pensar que as inteligências e os sentimentos das crianças e dos

jovens dos Estados Unidos são mutilados dessa forma”.

Ontem as agências de notícias divulgavam a informação oferecida de um estudo publicado pela Universidade de Beloit, onde são salientados fatos que acontecem pela primeira vez na história dos Estados Unidos e do mundo, ligados aos conhecimentos  e costumes dos estudantes universitários estadunidenses que se graduarão em 2014.

O jornal Granma divulga a notícia com linguagem eloqüente:

1º “Não levam consigo relógios para saberem a hora, mas sim usam seus telefones celulares.”

2º “Acham que Beethoven é um cão que conheceram num filme.”

3º  “Que Miguel Ángel é um vírus informático.”

4º  “Que o correio eletrônico é ‘lento demais’, acostumados a digitarem mensagens em sofisticados telefones móveis.”

5º  “Muito poucos sabem escrever em cursiva.”

6º  “Acham que a Tchecoslováquia jamais existiu.”

7º “Que as empresas norte-americanas sempre  fizeram negócios no Vietnã.”

8º   “Que os automóveis coreanos sempre rodaram em seu país.”

9º   “Que os Estados Unidos, o Canadá e o México  sempre estiveram ligados por um Tratado de Livre Comércio.”

A gente fica atônita, quando vê até que ponto a educação pode ser deformada e prostituída, num país que possui mais de 8 000 armas nucleares e os mais poderosos meios de guerra no mundo.

¡E pensar que ainda existem pessoas que tem bom senso capazes de crerem que minhas advertências são exageradas!

Fidel Castro Ruz
19 de Agosto de 2010
11h13

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*