Reflexões de Fidel »

UM GESTO QUE NÃO SERÁ ESQUECIDO

Faço uma parada no trabalho que estava elaborando há duas semanas sobre um episódio histórico, para me solidarizar com o presidente constitucional de Honduras, José Manuel Zelaya.

Foi impressionante vê-lo através de Telesul, arengando o povo de Honduras. Denunciava energicamente a burda negativa reacionária de impedir uma importante consulta popular. Essa é a “democracia” que defende o imperialismo. Zelaya não tem cometido a menor violação da lei. Não realizou um ato de força. É o Presidente e Comandante Geral das Forças Armadas de Honduras. O que ali acontecer será uma prova para a OEA Slot Machines e para a atual administração dos Estados Unidos.

Ontem foi realizada uma reunião da ALBA em Maracai, no Estado venezuelano de Arágua. Os líderes latino-americanos e caribenhos que ali falaram, brilharam tanto por sua eloqüência como por sua dignidade.

Hoje escutava os sólidos argumentos do presidente Hugo Chávez denunciando a ação golpista através da Venezuelana de Televisão.

Ignoramos o quê acontecerá nesta noite ou amanhã em Honduras, mas a conduta valente de Zelaya passará à história.

Suas palavras nos faziam lembrar o discurso do presidente Salvador Allende enquanto os aviões de guerra bombardeavam o Palácio Presidencial, onde morreu heroicamente em 11 de setembro de 1973. Desta vez víamos outro Presidente latino-americano entrando com o povo em uma base aérea para reclamar as cédulas para uma consulta popular, confiscadas espuriamente.

Assim age um Presidente e Comandante-geral.

O povo de Honduras jamais esquecerá esse gesto!

         

Fidel Castro Ruz
J25 de junho de 2009
20h15

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*