Notícias »

Somos obrigados a fazer uma colheita curta, mas eficiente

cuba agricultura«Em um momento em que o petróleo mantém um preço favorável no mercado mundial, a premissa deve ser produzir mais», destacou Salvador Valdés Mesa, vice-presidente da República, em visita à usina açucareira Uruguay.

«Se eu quisesse pedir algo a vocês, que estão começando a colheita, não é que cumpram o plano, mas sim que o excedam; os preços estão muito bons no mercado internacional e temos que aproveitar essa oportunidade», disse o também membro do Bureau Político do Comitê Central do Partido a dirigentes e trabalhadores.

Exigiu atenção prioritária, tanto para a safra de açúcar quanto para a produção de cana-de-açúcar. «Ao contrário do ano anterior, agora teremos os recursos. A cadeia de inadimplências que temos deve ser quebrada e começar a recuperação», disse.

«Temos a obrigação de fazer uma safra curta, mas eficiente», exigiu o vice-presidente, que se interessou pelo comportamento do desempenho industrial, da safra da cana, da autossuficiência energética, da produção de produtos derivados do açúcar e do andamento da Tarefa Ordenação no território.

Acompanhado de Deivy Pérez Martín, primeira secretária do Comitê Provincial do Partido, e de Teresita Romero Rodríguez, governadora de Sancti Spíritus, Valdés Mesa examinou o andamento do programa de soberania alimentar e nutricional. «É preciso produzir para a autossuficiência, para o desenvolvimento do país, da indústria nacional e para exportar», e acrescentou que o programa, além de atender à demanda territorial por alimentos, repercute no desenvolvimento do município e gera empregos.

Valdés Mesa analisou no sábado 16, em Ciego de Ávila, a situação dos investimentos na usina Ciro Redondo e na bioelétrica adjacente a essa usina, binômio que já deveria funcionar, mas dificuldades tecnológicas impediram o início de um dos projetos mais importantes do país para o desenvolvimento de fontes renováveis ​​de energia. Sobre a produção de alimentos, disse que naquela província «há dirigentes e trabalhadores experientes no ramo agrícola e entre todos eles podem contribuir mais do que já fizeram. Temos terra suficiente para transformar o país em uma horta produtiva», disse.

(Tirado de Granma)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados. *

*