Notícias »

Esta Assembleia reúne uma representação genuína de nosso povo abnegado e corajoso

Asamblea presidenPalavras de Esteban Lazo Hernández, presidente da Assembleia Nacional do Poder Popular, na sessão constituinte da 9ª Legislatura, no Palácio das Convenções, em 18 de abril de 2018, «Ano 60º da Revolução» (Tradução da versão estenográfica-Conselho de Estado)

Companheiro general-de-exército Raúl Castro Ruz, primeiro secretário do CCPCC;

Companheiras e companheiros da liderança do Partido e do Estado;

Deputados e Deputados, convidados:

Como culminação do processo eleitoral bem sucedido desenvolvido no país, a 9ª Legislatura da Assembleia Nacional do Poder Popular é constituída hoje.

Esta Assembleia reúne uma representação genuína de nosso povo abnegado e corajoso, ao qual, tal como acabamos de expressar no juramento que formulamos, somos obrigados a servir fielmente em todos os momentos, ao que se acrescenta o compromisso assumido por todos nós ao assinar o conceito de Revolução, documento que nos legou nosso companheiro Fidel, do qual destaco a unidade que nos permitiu chegar até aqui e que é um fator estratégico para enfrentar os grandes desafios e tarefas que teremos pela frente, no trabalho de cumprir integralmente as Diretrizes e acordos derivados do 6º e 7º congressos do nosso Partido.

Somente a unidade estratégica e dialética de todos os revolucionários garantirá o êxito das missões que o povo nos confia e a vitória contra o inimigo da Revolução, porque, tal como expressou o companheiro Fidel: «…a sociedade ideal para o imperialismo é a sociedade fragmentada, a sociedade dividida…».

Nossa Assembleia Nacional é constituída poucas horas antes do dia 19 de abril de 2018, dia em que vamos comemorar o 57º aniversário do triunfo sobre a invasão mercenária de Playa Girón, a primeira grande derrota do imperialismo ianque nestas terras latino-americanas, e símbolo da inquebrantável vontade do povo cubano de defender sua liberdade, independência e soberania.

Naqueles dias, como nunca antes aconteceu na história do país, tornou-se verdade o veredicto do lugartenente-general Antonio Maceo, quando disse: «…quem tentar se apoderar de Cuba, só vai colher o pó do seu solo alagado em sangue, se não perecer na luta».

Na areia de Playa Giron cresceu em toda sua estatura a figura do chefe de nossa Revolução, o Comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz; lá mais uma vez foram colocadas à prova suas qualidades excepcionais do estrategista militar, pensador político e líder indiscutível de seu povo.

Sob sua direção, a partir dos dias azarentos do iate Granma e da Serra Maestra, a Crise de Outubro e muitas outras batalhas, forjou-se o destacamento de vanguarda que guiou a Revolução mais radical, profunda e transcendente da história americana, daquela forja surgiram os comandantes patrióticos e revolucionários que honravam esta Assembleia com sua presença.

Agradeço, em nome dos deputados Ana María Mari Machado e Miriam Brito Sarroca, e por mim mesmo, a honra que nos conferem, elegendo-nos para posições tão altas. Expresso o compromisso de continuar trabalhando no aperfeiçoamento dos órgãos do Poder Popular, desempenharmo-nos com fidelidade ao nosso povo, à ideologia de José Martí e de Fidel, ao nosso Partido e à Constituição da República, a fim de alcançar, cada dia mais, uma sociedade independente e soberana, socialista, democrática, próspera e sustentável.

Muito obrigado (Aplausos)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*