Notícias »

Por maior intercâmbio produtoras de vacinas de Vietnã e Cuba

vacuna2O Instituto Finlay de Vacinas (IFV), de Cuba, e seu similar de Vietnã, Vabiotech, assinaram nesta capital um memorando de entendimento com a intenção de estreitar suas relações de cooperação.

O documento plasma como aspectos fundamentais o acesso a novas tecnologias e produtos em etapas avançadas, bem como a novos mercados e possibilidades de desenvolvimento, disse hoje a Imprensa Latina Yury Valdés, diretor anexo do IFV.

Como parte de uma negociação em curso, Valdés e seu colega Nivaldo Linares, diretor de Investigações Clínicas dessa entidade, visitaram a sede da empresa vietnamita produtora de vacinas e constataram seu alto nível científico e tecnológico, amém de explorar futuras possibilidades de cooperação.

O memorando foi assinado por Valdés e Do Tuan Dat, presidente de Vabiotech, em presença da embaixadora da ilha aqui, Lianys Torres; o vice-ministro de Ciência e Tecnologia de Vietnã, Pham Cong Tac; e o vice-presidente da Câmera de Comércio e Indústria da nação indochina, Doan Duy Khuong.

Vabiotech é uma das principais produtoras de vacinas de Vietnã e segundo o diretor anexo do IFV, suas relações com a entidade cubana têm deixado resultados muito bons.

Desta vez compartilhamos o objetivo de consolidar esses vínculos mediante a identificação de novas possibilidades de colaboração mutuamente beneficiosas que implicam o intercâmbio de tecnologias, produtos e ampliação de mercados, explicou.

Valdés e Linares viajaram a Hanoi para representar a uma das 27 empresas cubanas assistentes à XXVII Feira Internacional de Comércio de Vietnã, o que fez desta a maior participação da ilha na história destas convenções.

(Prensa Latina)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*