Notícias »

Feira de construções em Cuba com empresas de 25 países

feconsA Feira Internacional da Construção em Cuba (Fecons 2018) abrirá suas portas hoje com exibições de produtos, tecnologias e serviços de empresas procedentes de 25 países, anunciou o comitê organizador do evento.

Nesta oportunidade, a mostra abarcará uma área superior aos quatro mil metros quadrados no recinto Pabexpo e incluirá ofertas de companhias provenientes da Espanha, Itália, Hungria, Brasil, Panamá, México, Estados Unidos e do território anfitrião, destacou aqui o vice-primeiro ministro da Construção (Micons), Ángel Vilaragut.

Face a 2030, comentou o funcionário, esta nação caribenha contempla importantes planos de investimento em diferentes esferas, entre elas turismo, energias renováveis, recursos hidráulicos, portos e infraestrutura viária, daí o interesse na Fecons, cujas edições ocorrem a cada dois anos.

O evento de 2018 deverá contribuir para o acesso a materiais e modernas tecnologias; bem como para promover as exportações de bens e serviços, assinalou o representante do Micons.

Na opinião dos promotores, Fecons constitui um importante evento comercial na região do Caribe e distingue-se pela realização simultânea de intercâmbios científico-técnicos de caráter internacional, que nesta ocasião começaram ontem no Palácio das Convenções, próximo a Pabexpo.

A XII Conferência Científico-técnica contou em sua jornada inaugural com as intervenções da coordenadora residente em Cuba do sistema das Nações Unidas, Consuelo Vidal, e do historiador de Havana, Eusebio Leal.

Na avaliação do Micons, o ramo das construções no país tem ante si numerosos desafios associados ao aumento da eficiência nos processos de investimento e dos ingressos em divisas pelas vendas a mercados externos.

(Prensa Latina) 

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*