Notícias »

Prioridade a produtos de alta procura para residentes do Plano Turquino

Niños Plan Turquino«A política do setor do Comércio para o Plano Turquino consiste em priorizar os produtos de alta procura e sensíveis para seus habitantes em todas as regiões do país; inclui as ofertas de produtos industriais e de limpeza, bem como as da linha econômica nas lojas que vendem em divisa».

Isso foi explicado pela ministra do Comércio Interno, Mary Blanca Ortega Barredo, durante uma visita aos estabelecimentos do setor localizados no maciço de Guamuhaya, em Cienfuegos, 36 dos quais foram reparados e colocados em condições muito favoráveis ​​para o atendimento ao povo.

A política inclui a manutenção de serviços gastronômicos e recreativos. «Nada justifica retirar ofertas, e com esse princípio as autoridades do território implementam um programa de ressuscitação desses lugares, de suas estruturas e dos equipamentos que favorecem a qualidade do serviço», disse a ministra. E comentou que no Escambray de Cienfuegos essa intenção pode ser constatada com os trabalhos finais e em processo.

No que diz respeito às oficinas de reparação de equipamentos nessas áreas, explicou que mesmo quando as peças sobressalentes não estão em estoque, os mecânicos devem permanecer lá e todas essas unidades devem ser incluídas nos planos de manutenção e reabilitação, para garantir a sustentabilidade.

Na ocasião, Ortega Barredo comentou que os comércios de venda de gêneros têm alta prioridade nos investimentos no setor: «No país existem cerca de 13 mil desses locais, para nos quais são vendidos os produtos da cesta básica subsidiada que chega todos os meses; além dos centros mistos, que também vendem outros produtos necessários.

«A população os frequenta todos os dias; mesmo, no caso de eventos climatológicos, ali são protegidos alguns recursos dos que depende uma comunidade, caso ficar isolada, por isso é necessário preservá-los, habilitá-los e mantê-los seguros», afirmou.

(Granma)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*