Notícias »

Inicia em Cuba Festival Nacional das Orquídeas

Cuba-orquideas-banderaO quinto Festival Nacional das Orquídeas inicia hoje aqui para reunir a instituições, colecionistas, pesquisadores e interessados nessa variedade de plantas.

O evento, que celebrar-se-á até 12 de março no jardim Quinta dos Molinos, é organizado pela Sociedade Cubana de Botánica (Socubot) e o Escritório do Historiador de Havana.

O festival agrupará diversas atividades, entre elas a exposição e concorrência de plantas vivas, mostras fotográficas, e conferências sobre a flora em Cuba e o cultivo e a conservação das orquidáceas.

Entre as conferências, destacam as dedicadas ao estado atual da flora na ilha e a análise das espécies invasoras nos ecossistemas nacionais.

Por outra parte, os organizadores antecipam grande participação popular para as oficinas de cultivo nos lares e arranjos florais com orquídeas.

Estas constituem uma das maiores famílias de plantas com flores, com um total que oscila entre 20 e 25 mil espécies, sem contar as numerosas tipologias híbridas conseguidas de forma artificial que existem, o qual aumenta a cifra.

Em Cuba registam-se 130 variedades de orquídeas endémicas do país, as que podem-se encontrar em vários lugares de forma silvestre, acompanhadas por outras instâncias do área do Caribe e de América do Sul, o que faz um total de 308 espécies.

No entanto, muitas encontram-se em perigo de extinção pela intensa colecta à que têm sido submetidas nos últimos anos e outros fenómenos naturais relacionados com o clima que afetam as populações naturais.

Pelo sustrato em que vivem aparecem orquídeas de quatro tipos em Cuba: epífitas (sustentam-se das árvores), litófitas (sustentam-se de rochas), terrestres e trepadoras.

Encontram-se orquídeas silvestres em toda Cuba, logicamente onde existam condições, mas existem mais variedades na Serra dos Ã’rgãos e do Rosario em Pinar del Rio, na zona montanhosa Guamuhaya do centro do país, na Sierra Maestra e no maciço Nipe-Sagua-Baracoa na região oriental.

Cuba conta com um Jardim Botánico Orquideário na localidade de Soroa, ao oeste da capital, que foi fundado em 1943.

O mesmo abarca uns 35 mil metros quadrados, nos quais entesoura mais de 20 mil instâncias de orquídeas divididas entre 130 espécies cubanas e 700 estrangeiras.

Estas se podem encontrar dispostas sobre troncos de árvores (em seu meio natural), ou em umbráculos protegidas do excesso de luz solar e ar.

Entre as instâncias, destaca a Encyclia bocourtii, descoberta na Serra do Rosario, no final do século XX.

(Prensa Latina)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*