Notícias »

Recuperados em Maisí 3.328 hectares de café

CafeUm total de 3.328 hectares de café, dos 4.940 afetados pela passagem devastadora do furacão Matthew, têm sido recuperados neste município do extremo oriental do país, maior produtor desse grão na província.

Este número representa 67% da área afetada e 93% dos 3.564 previstos para ser reabilitados na primeira etapa de trabalho, a qual prioriza as plantações com maiores possibilidades de ser recuperadas e as mais produtivas.

Nas áreas recuperadas tem se trabalhado essencialmente na retiradas das árvores derribadas, na reorganização, limpeza e plantio de árvores que permitam dar sombra ao café, com espécies de rápido crescimento.

Neste empenho participam brigadas de diferentes províncias do país, equipadas com motosserras e outros meios, apoiando aos produtores de café de Maisí e aos seus familiares.

Os produtores de café do extremo oriente cubano também recuperaram 45 viveiros afetados pelo furacão, para dessa forma garantir as mudas necessárias para o plantio de novos cafezais.

O furacão Matthew afetou, ainda, 570 hectares de cacau nesse território. Deles devem ser resgatados 471 na primeira fase e já foram salvos 440. Em Maisí o café cultiva-se principalmente nas comunidades de La Tinta e Los Gallegos.

O esforço na recuperação do café se complementa com o plantio de centenas de hectares de culturas variadas, com destaque para o cará, banana, milho e feijão.

(Granma)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*