Notícias »

Ciren: fazer ciência cada dia

CirenCom uma trajetória reconhecida na comunidade científica cubana, o Centro Internacional de Restauração Neurológica (Ciren), único de seu tipo no mundo, comemora em 26 de fevereiro seu 28º aniversário, convertido em uma instituição científico-médica avançada, de amplo e sólido prestígio internacional, com programas de pesquisas que entregam novos conhecimentos e introduzem e desenvolvem tecnologias no âmbito das neurociências.

Mediante seus dois programas terapêuticos originais: o de Restauração Neurológica e de Restauração Biológica Geral, estruturados em cinco clínicas especializadas, têm sido atendidos com novas abordagens e sucesso reconhecido mais de 140 mil pacientes procedentes de 94 países, de todos os continentes, informou ao Granma esta instituição.

Criado no ano 1989 por Fidel, o Ciren «surgiu como resultado do esforço e a criatividade de um grupo multidisciplinar de especialistas que conseguiram assimilar e introduzir uma nova técnica, neste caso os transplantes neurais, com grande repercussão internacional. «O ponto de partida foi o desenvolvimento atingido pelas Neurociências em Cuba depois do triunfo da Revolução e o apoio direto oferecido a estas pesquisas pela mais alta direção do país», precisou María del Pilar Vilá, especialista de Promoção e Comercialização do centro.

Nesse sentido precisou que as primeiras linhas de tratamento definidas foram o atendimento a doentes de Parkinson, sequelas de infarto cerebral, de trauma crânio encefálico e de traumas raquidianos e medulares, a Coreia de Huntington e as demências.

Ainda, como novidades o Ciren tem hoje a aplicação da estimulação cerebral não invasiva (ECNI), os estudos e tratamentos do sono, estudos e tratamentos para a dor raquidiana, o atendimento de pacientes com transtornos do espectro autista, exames médicos executivos, ofertas especiais de serviços odontológicos e outras do Programa de Restauração Neurológica para reingressos. Incrementa ainda o trabalho de Cirurgia Estética com segurança e experiência, junto à cirurgia maxilofacial.

De acordo com María del Pilar Vilá, no próximo dia 13 de março será realizada a abertura das novas instalações da Clínica REBIOGER, com uma renovação de seus serviços e programas terapêuticos.

No ano passado receberam atenção neste centro uns 5.650 cubanos; enquanto 265 estrangeiros ingressaram em suas instalações e 539 foram atendidos em consultas externas, sendo Angola, México, Peru e a Argentina os principais países emissores.

(Granma)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*