Notícias »

Universitários cubanos serão continuadores do legado do Comandante-em-chefe

Fidel FEUNão houve outro substantivo, figura, conceito e ideia mais levado em conta que o de Fidel, durante o ato central nacional pelo 94º aniversário da Federação Estudantil Universitária (FEU), celebrado em Cienfuegos.

A decisão dos estudantes cubanos de manter erguidas as bandeiras do socialismo e as ideias do líder histórico da Revolução Cubana foi reafirmada através de diversos pronunciamentos; mas também mediante lemas, cantos e imagens do Comandante-em-chefe ou outras referências icônicas ao nosso projeto social e seus símbolos pátrios.

Foi uma jornada de elevada reafirmação patriótica juvenil a que se experimentou na terça-feira, 20 de dezembro, frente à sede da Assembleia Provincial do Poder Popular (antiga prefeitura), onde Fidel falou ao povo, na noite-madrugada de 6 a 7 de janeiro de 1959, na passagem da Caravana da Liberdade pelo território; lugar no qual esteve, ainda, em outras ocasiões.

Este foi, justamente, um dos lugares onde vibrou a fibra revolucionária dos moradores de Cienfuegos, durante a passagem do cortejo fúnebre com os restos de Fidel, semanas atrás.

A presidenta da FEU e integrante do Conselho de Estado, Jennifer Bello Martínez, afirmou que «este 94º aniversário tem uma conotação especial por ser o primeiro sem a presença do líder histórico da Revolução decidimos dedicá-lo a esse jovem eterno, de cujo legado seremos continuadores. Ele sempre depositou sua confiança nos universitários, sempre debatia qualquer ideia que tivesse com seus universitários, porque sabia que aí estava a retaguarda certa nos processos revolucionários».

Em sua consideração, Cienfuegos obteve a sede do ato, pois «marcou um ritmo no trabalho da organização e no desenvolvimento das atividades impulsionadas depois do 8º Congresso».

A presidenta da FEU precisou que «desde este momento a federação começa a viver o ano do seu 95º aniversário e inicia o caminho rumo ao centenário. A FEU vai se prontificar para passar o ano 2017 com muitas atividades, com um movimento que gere participação em todas as universidades, que some seus membros a contribuir mais em todos os processos que desenvolve o país».

(Granma)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*