Notícias »

Pinar del Río: Multiplicarão cultura de plantas medicinais

pinar del rio medicinalesCom mais de duas décadas de trabalho sustentando e perspectivas de continuar incrementando as áreas de cultura, Pinar del Río continua apostando pela produção de plantas medicinais.

A especialista da delegação territorial da Agricultura, Lérida Sánchez Díaz, explica que atualmente se trabalha em um projeto que pretende multiplicar a superfície em exploração na chácara provincial dedicada a esta atividade.

De uns seis ou sete hectares que se plantam em média todos os anos, o propósito é chegar a 30 mediante a incorporação de sistemas de irrigação e outros equipamentos, a fim de ajudar a cobrir as necessidades do país e, inclusive, visando à exportação.

A funcionária afirmou que também se prevê incorporar novas áreas nas duas chácaras existentes na montanha, nos municípios de Minas de Matahambre e La Palma, onde o clima é muito apropriado.

No total, em Vueltabajo são cultivados a pedido do Ministério da Saúde Pública 31 espécies de plantas medicinais, destinadas à produção de xaropes, unguentos, tinturas e cápsulas com múltiplas aplicações, desde ajudar a combater uma gripe, até o controle do colesterol.

Eu resultado, neste ano, é estimado em aproximadamente de 46 toneladas de matéria prima, que irão à indústria de Pinar del Río de medicamentos e às de outros territórios do país, um número considerável se levarmos em conta que a maioria das folhas, flores e raízes, pesa muito pouco, e que no processo de desidratação, sua massa diminui notavelmente.

Segundo a especialista, entre as espécies mais demandadas se incluem a camomila, a cúrcuma, o gengibre, o orégão e o áloe.

Disse, também, que o programa de desenvolvimento da medicina natural e tradicional, foi iniciado a inícios da década de 1990 por iniciativa do general-de-exército Raúl Castro Ruz, com o propósito de substituir medicamentos que naquele momento, com a chegada do período especial, começaram a escassear.

Desde então, não ajudou apenas a substituir produtos que devem ser importados e poderiam estar em falta em determinado momento, mas também ganhou grande aceitação na população, graças a sua provada efetividade.

(Diario Granma)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*