Notícias »

América Latina e o Caribe continua comprometida com a paz

icap, reunio pazCOM o objetivo de continuar comprometida com a Proclamação da América Latina e o Caribe como Zona de Paz, começou em 21 de setembro, em Havana, o Primeiro Seminário Internacional dedicado a avaliar as realidades e desafios do referido documento, assinado aqui durante a 2ª Cúpula da Celac, em 2014.

Durante as palavras de boas-vindas, o presidente do Movimento Cubano pela Paz e Soberania dos Povos, Silvio Platero Yrola, expressou que o evento se celebra em um contexto marcado pela ofensiva imperial contra os processos revolucionários e de integração da Nossa América.

Platero referiu que a Proclamação resulta um compromisso importante para as nações latino-americanas, e isso será o eixo central das discussões destas jornadas.

Photo: Yaimí Ravelo
Ainda, precisou que este evento teve início no Dia Internacional da Paz e constituirá um tributo ao líder da Revolução cubana Fidel Castro.

Também, nesse dia, entregou-se à presidenta do Conselho Mundial da Paz, Maria do Socorro Gomes, a Medalha da Amizade, por parte de José Ramón Balaguer, chefe do Departamento das Relações Internacionais do Partido Comunista de Cuba (PCC).

A ativista brasileira afirmou que recebe este reconhecimento de parte do país mais valente e solidário do mundo, e afirmou que a paz é uma necessidade imperiosa em nível global.

Este Primeiro Seminário Internacional Realidades e Desafios da Proclamação da América Latina e o Caribe como Zona de Paz se estenderá até sexta-feira, 23 de setembro, com palestras e debates dedicados a examinar as perspectivas e desafios atuais da área.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*