Notícias »

Díaz-Canel destaca importância de usina de embalagens que se constrói em Pinar del Río

Diaz canel embasesO primeiro vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros e membro do Bureau Político do Partido, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, destacou a importância da fábrica de embalagens que se constrói nesta província e que deve entregar suas primeiras produções nos fins deste mês.

Desenhada com o propósito de fornecer à indústria farmacêutica do país, a obra estará dotada de um moderno equipamento que lhe permitirá chegar aos 400 milhões de embalagens quando atinja sua máxima capacidade.

Durante o percurso pela instalação, Díaz-Canel interessou-se pela força de trabalho que operará a usina, pela tecnologia instalada e a que será incorporada nas próximas etapas, e as características dos recipientes que se poderão obter, para várias empresas que integram o grupo BioCubaFarma.

Ainda, elogiou o trabalho realizado por construtores e investidores e ressaltou a importância que terá a indústria para o país.

O vice-presidente cubano visitou também o parque solar fotovoltaico Troncoso 1, que é construído fora da capital pinarenha e que atingirá uma potência de 2,7 megawatt na hora de ponta.

Acompanhado da primeira secretária do Partido no território, Gladys Martínez Verdecia e Ernesto Barreto Castillo, presidente da Assembleia Provincial do Poder Popular, Díaz-Canel interessou-se na montagem deste tipo de obras, a energia que produz e o tempo em que se recupera o investimento.

A esse respeito, Jorge Luis Arzola, diretor da unidade empresarial de base de energia hidráulica nessa província explicou que os painéis solares utilizados no parque são fabricados na própria província e têm uma vida útil superior aos 20 anos, e exigem pouca manutenção.

O percurso incluiu, ainda, um encontro com o conselho de direção da Universidade Hermanos Saíz Montes de Oca, e diretivos de Educação na província, no qual o primeiro vice-presidente cubano recebeu uma explicação em detalhes de como se desenvolveu o processo de integração no ensino superior, implementado há um ano.

Também perguntou acerca do início do ano lesivo no resto do sistema educativo e aspectos como a cobertura docente, e insistiu em continuar aperfeiçoando os planos de estudo e potencializando a formação pedagógica.

“Para continuar avançando em matéria de educação temos de ter claustros de professores preparados”, precisou.

Como parte do percurso pela província, Díaz-Canel visitou, também, o jornal Guerrillero, e conversou com seus trabalhadores acerca da necessidade de fazer um jornalismo cada vez mais atraente, no qual as pessoas sintam espelhada sua realidade.

(Granma)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*