Notícias »

Reverenciar a ternura e o temple

Mariana Grajals dia madresUMA oferenda floral, em nome do povo de Cuba, foi depositada em 8 de maio, no mausoléu que guarda os restos de Mariana Grajales, no cemitério patrimonial Santa Ifigenia, como homenagem a todas as mães cubanas em seu dia.

Na presença do primeiro-secretário do Partido Comunista na província, Lázaro Expósito Canto, e do presidente do governo no território, Reinaldo García Zapata, soldados da unidade de guarda de Honra ao Herói Nacional José Martí, depositaram a coroa de flores, a qual foi desvendada por dois combatentes de Santiago de Cuba.

Membros da Associação de Combatentes da Revolução Cubana, familiares de mártires, bem como representantes das organizações políticas e de massa também marcaram presença no tributo, que também serviu para honrar a título do povo santiagueiro a María Cabrales, viúva de Antonio Maceo, Dona Rosario, mãe dos irmãos País García, e Dominga Moncada, progenitora de Guillermón Moncada.

Posteriormente e com motivo da data significativa, as principais autoridades do território visitaram em recordação de todas as cubanas que perderam seus filhos nas lutas libertárias e no cumprimento de missões internacionalistas, a Purificación Eraudi Bichón, Nery Brugall Bell e Sonia Rodríguez Bach, outras dignas mães de mártires.

(Reproduzido de Sierra Maestra digital)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*