Notícias »

Honras para o trabalho que enaltece

rauly cremataCOM honras para aqueles que mais merecem culminou a jornada do domingo, 1º de Maio, Dia dos Trabalhadores. Como parte dos festejos que começaram bem cedo, com impressionantes desfiles no país todo, a noite reservou espaço para homens e mulheres que têm convertido o trabalho no motor impulsor de suas vidas.

Em uma cerimônia, presidida pelo general-de-exército Raúl Castro Ruz, foram condecorados 67 trabalhadores e cinco coletivos de trabalho que, segundo expressou Ermela García Santiago, membro do secretariado nacional da Central dos Trabalhadores de Cuba (CTC), constituem um orgulho para a Pátria e se inscrevem como trabalhadores excepcionais que honram o valor do trabalho.

Por proposta do presidente foi entregue o título de honra de Herói do Trabalho da República de Cuba a Lázaro Expósito Canto, primeiro-secretário do Partido Comunista em Santiago de Cuba, “por ser um soldado incondicional de cada tarefa, batalhador pela eficiência, por exigir que se façam bem as coisas desde a trincheira difícil de compulsar, mobilizar as massas, exigir o que cabe a cada um, ser um trabalhador de fila quando o exemplo e a demonstração de saber fazer são necessários”.

Também por proposta de Raúl recebeu o título de honra de Herói do Trabalho da República de Cuba Carlos Alberto Cremata Malberti, diretor da companhia infantil de Teatro La Colmenita, de quem se destacou o trabalho de amor que desenvolve com as crianças, seu desempenho incansável e a busca das essências da vida em cada uma de suas obras.

O general-de-exército entregou, igualmente, esse alto reconhecimento à professora de Guantánamo Inorbis Román Caraballo, quem dedicou quase cinquenta anos a educar as crianças, e ao construtor da província Granma, Juan Ricardo Santiesteban, quem por mais de 40 anos tem estado dedicado à construção.

Eles se acrescentam a outros nove homens e mulheres que, por proposta da CTC, também lhes foi outorgada a maior honra que pode ter recebido um trabalhador, desta vez das mãos de José Ramón Machado Ventura, segundo secretário do Partido, e Miguel Diaz–Canel Bermúdez, primeiro vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros.

Ainda, no ato foi concedida a outro conjunto de trabalhadores e coletivos a Ordem Lázaro Peña, de primeiro, segundo e terceiro grau, bem como a Medalha Jesús Menéndez. A todos eles felicitou Raúl em nome do Bureau Político do Partido.

Com a música Venga la Esperanza, de Silvio Rodríguez, as crianças da Colmenita encerraram com grande beleza uma cerimônia que dignificou o trabalho criador e a seus singelos incentivadores.


(Granma)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*