Notícias »

Projeto de recreação sadia alegra a família de Santiago de Cuba

proyecto Santiago de CubaUm presente especial no ensejo dos aniversários 55º da Organização dos Pioneiros José Martí e 54º da União dos Jovens Comunistas e o 90º aniversário de Fidel constituiu, nas vésperas de 4 de abril, a inauguração do projeto de recreação sadia, dedicado a crianças, jovens e às famílias de Santiago de Cuba, em geral.

Segundo expressou o general-de-exército Raúl Castro, durante a visita efetuada em fevereiro passado, isto constituiu um exemplo de tudo aquilo que pode ser feito, ainda com poucos recursos. O programa está destinado ao desfrute pleno e a adequada utilização do tempo livre da população, mediante diversas opções à disposição dos diferentes grupos etários.

Como explicou Manuel Falcón, vice-presidente do Conselho da Administração Provincial, trata-se de mais de 300 instituições, locais e espaços estatais e de trabalhadores independentes que, localizados em lugares chaves, reservam uma ampla oferta cultural, gastronômica, recreativa, esportiva, agropecuária e de comércio, caracterizada por sua alta qualidade e o impacto social.

A Praça de Marte, em cujos quarteirões próximos há muitos locais para desfrutar de sorvetes, chocolates, confeitos, café, refrigerantes, vinhos, doces, pães, frutas e vegetais, bem como as mais variadas manifestações culturais, somou agora a reabertura da academia de judô Hiroshima, totalmente reconstruída.

A populosa rua Enramadas trabalha para se converter em uma emblemático entorno e passeio patrimonial, mostrando nos 14 quarteirões, com 1,5 quilômetro de extensão dezenas de instalações entre restaurantes, livrarias, casa do mascote, cinema Cuba, a sorvetaria Jardín las Enramadas, o parque dos balouços, e o inaugurado projeto cultural da Egrem para 600 pessoas ‘Alegrémonos’.

A seguir, liga-se à Alameda do porto o Paseo Marítimo, com a espetacular vista ao mar e à histórica Sierra Maestra desde os parques temáticos, a cervejaria Puerto del Rey, restaurantes aquáticos, a ferro-pizzaria, os passeios em barco pela baía, e demais atrações.

Também a partir da Praça de Marte aparece a Avenida Victoriano Garzón, para o lado oposto desta Cidade Heróica para todos os cubanos, com um design especial por sua condição de rua por excelência da família de Santiago de Cuba, ao longo dos 11 quarteirões, até a praça cultural de Ferreiro.

Desde o complexo Ferreiro, na Avenida Manduley aparecem a casa da cerámica, o museu da música, a galeria Aguilera, a Fundação Caguayo e o Centro de Cultura Africana Fernando Ortiz. E pela estrada a Siboney chega-se ao Parque dos Sonhos formado por um parque de lazer, o Zoológico e Loma San Juan.

Em interesse de evitar a concentração do público no centro da cidade e de aproximar a recreação aos bairros, já mais distantes aparecem o prometo da Praça da Revolução, Antonio Maceo, o estacionamento da cidade esportiva, a boate Son América e o parque infantil do distrito José Martí, a rua Heredia e a conhecida Trocha.

No percurso de inauguração deste conceito em pleno desenvolvimento, que deve enriquecer-se com o critério da população marcaram presença os membros do Comitê Central do Partido, Lázaro Expósito e Iris Quiñones, primeiro secretário na província e presidenta do Grupo de Indústrias, do Ministério da Indústria Alimentar e Reinaldo García, presidente do governo em Santiago de Cuba.

(Granma)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*