Notícias »

Encontro histórico entre o papa Francisco e o patriarca Kirill

kiril declaracion01-580x347HAVANA voltou a ser um âmbito de entendimento e diálogo. Na tarde da sexta-feira, 12 de fevereiro, concretizou-se o histórico encontro entre o papa Francisco e o patriarca da Igreja Ortodoxa Russa, Sua Santidade Kirill, primeira reunião dos líderes de ambas as igrejas, depois do cisma do cristianismo no ano 1054.

Na tarde, o presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, general-de-exército Raúl Castro Ruz, recebeu o bispo de Roma no aeroporto internacional José Martí — onde o papa fez uma escala temporária, antes de sua visita ao México — acompanhado do chanceler Bruno Rodríguez Parrilla; o arcebispo de Havana, cardeal Jaime Ortega Alamino e outras autoridades cubanas.

Depois de uma afetuosa saudação, os primados das igrejas Católica e Ortodoxa Russa tiveram um encontro privado, que demorou umas duas horas; e depois assinaram uma declaração conjunta que recolheu, em 30 pontos, aspectos chaves como a situação nos países do Oriente Médio e a África do Norte, a importância do diálogo interreligioso e o direito inalienável à vida, bem como o papel da família.

“Cuba continuará apoiando a paz. E agora resta o assunto da Colômbia”, assegurou Raúl após concluir o encontro entre o patriarca Kirill e o papa Francisco.

Na manhã, o patriarca de Moscou e de toda a Rússia tinha depositado uma oferenda floral no Memorial José Martí, acompanhado do vice-ministro das relações Exteriores cubano Rogelio Sierra e posteriormente visitou as diferentes salas do museu. No local dedicado à vida e a obra de Martí, sua diretora, Haydée Díaz, entregou a Sua Santidade uma placa alusiva ao centro e um livro com fotografias sobre Cuba.

Para hoje, 13 de fevereiro, a agenda do primado contempla a colocação de uma oferenda floral no monumento ao Soldado Internacionalista Soviético e será condecorado com a Ordem José Martí, a mais alta condecoração que outorga o Conselho de Estado da República de Cuba. Ainda, prevê-se uma visita à escola ‘Solidaridad con Panamá’, onde Sua Santidade Kirill entregará uma doação de cadeiras de rodas, para crianças com necessidades educativas especiais.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*