Notícias »

Raúl recebeu o patriarca da Igreja Ortodoxa Russa

Raul recibe KirillO presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, general-de-exército Raúl Castro Ruz, recebeu no aeroporto internacional José Martí o patriarca de Moscou e de toda a Rússia, Sua Santidade Kirill, na primeira visita pastoral a Cuba como Primado da Igreja Ortodoxa Russa.

Na recepção de boas-vindas marcaram presença, ainda, o presidente da Assembleia Nacional do Poder Popular (Parlamento), Esteban Lazo Hernández; o chanceler Bruno Rodríguez Parrilla, ambos membros do Bureau Político do Partido; a presidenta da Assembleia Provincial do Poder Popular em Havana, Marta Hernández; a chefa do Gabinete de Atenção aos Assuntos Religiosos do Comitê Central do Partido, Caridad Diego; o embaixador da Federação Russa em Cuba, Mikhail Kaminin e autoridades da Igreja Ortodoxa Russa.

“Com um sentimento muito cálido visito pela quarta vez o território de Cuba”, iniciou seu discurso o patriarca Kirill, quem afirmou, ainda, que chega ao nosso país em uma “visita de amizade” a convite do general-de-exército Raúl Castro Ruz. E lembrou que os povos da Rússia e de Cuba estão unidos por muitos anos de relação, de colaboração e de amizade”.

“Terei aqui a oportunidade, falando com as pessoas, de transmitir os bons desejos do povo russo”, indicou.

“Sou patriarca não somente de Moscou, mas também da Rússia toda, da Rússia histórica e por isso transmito as saudações de todos os povos da Rússia histórica. Desejo o bem-estar ao povo cubano e a alegria a cada um de vocês. Que Deus com sua misericórdia e com seu amor esteja com vocês”, expressou.

Depois a recepção, sua Santidade Kirill e o presidente cubano Raúl Castro tiveram um encontro em um dos salões do aeroporto.

Como parte do programa da visita, o patriarca russo se reunirá hoje, 12 de fevereiro, com o papa Francisco no aeroporto internacional José Martí, durante uma escala de trânsito do bispo de Roma para o México.

Ambos dialogarão em Havana e subscreverão uma declaração conjunta, segundo informaram em um comunicado o patriarcado moscovita e o Vaticano.

Ainda, em 12 de fevereiro, Sua Santidade Kirill fará uma homenagem ao nosso Herói Nacional José Martí e terá um encontro de cortesia com o presidente Raúl Castro Ruz. No programa se prevê, no sábado 13 de fevereiro, uma visita do patriarca russo ao Mausoléu do soldado internacionalista Soviético, à escola especial Solidaridad con Panamá e sua assistência a um concerto no teatro Martí da capital. No sábado, ainda será condecorado com a Ordem José Martí. Finalmente, antes de sua partida no domingo, oferecerá uma Divina Liturgia.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*