Notícias »

Médicos cubanos têm realizado milhões de consultas na Guatemala

Medicos guatemalaDepois que chegaram na Guatemala, apos os efeitos devastadores do furacão Mitch (1998), os médicos cubanos têm realizado cerca de 38,8 milhões de consultas em vários locais desse país centro-americano.

De acordo com o coordenador da Brigada Médica Cubana que atualmente presta serviço no território, dr. Manolo Torres, o atendimento personalizado, casa a casa, constitui o forte do grupo de médicos e outros especialistas treinados, sob a égide do processo revolucionário iniciado em 1959.

Dados fornecidos pelo especialista e os representantes diplomáticos do país caribenho, mostram que a equipe médica é composta atualmente por 445 colaboradores da saúde, reconhecidz pelos guatemaltecos por ajudar àqueles que moram até nos lugares mais remotos, informa PL.

“Os colaboradores cubanos prestam serviço em 19 departamentos, ou seja, 70% do território, divididos em 23 brigadas médicas do programa integral de saúde e quatro centros oftalmológicos”, disse o embaixador de Cuba na Guatemala, Carlos de Céspedes, em declarações ao jornal on-line Al Día.

Neste 5 de novembro a Brigada Médica Cubana vai completar 17 anos de trabalho na Guatemala depois de oferecer atendimento especializado a mais de 2,28 milhões de pessoas, incluindo 298.320 pacientes aos que conseguiram salvar a vida no interior do país.

A Operação Milagre, iniciativa para restaurar a visão das pessoas, ou afetados de alguma forma nessa ordem, é um dos programas mais destacados e tem quatro centros em nível nacional.

No entanto, o acionar dos colaboradores também inclui a realização de cirurgias, ortopedia, ginecologia, pediatria e odontologia.

(Granma)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*