Notícias »

Conservatório Chaikovski de Moscou receberá prêmio de honra em Cuba

chaikovskiO Conservatório Chaikovski de Moscou receberá hoje o prêmio de Honra do evento musical mais relevante deste país, Cubadisco 2015, durante a gala de clausura da edição de 2015.

A destacada escola russa de música na qual foi mestre o mesmíssimo Chaikovski no século XIX, concedeu bolsas de estudo na segunda metade do século XX a talentosos artistas cubanos.

Na mesma academia onde estudaram Serguéi Rajmáninov, Aleksandr Skriabin, Aram Jachaturián, Mstislav Rostropóvich e Rodión Shchedrín, entre outros, se formaram Guido López Gavilán, Teresa Junco e Frank Fernández, por só mencionar três exemplos.

López Gavilán converteu-se em importante diretor de orquestra e na atualidade é presidente de honra da Cubadisco, enquanto Junco (já falecida) esteve à frente da Comissão Nacional de Especialistas de Piano em Cuba e desenvolveu a pedagogia do instrumento.

Por sua vez, Fernández conquistou importantes reconhecimentos internacionais e ainda desenvolve uma exitosa carreira como compositor e concertista, em tanto vários especialistas o consideram o pai da escola pianista cubana.

O Cubadisco de 2015 esteve dedicado a Rússia como país e à música sinfónica e coral, o qual serviu de tema central ao Simpósio Internacional efetuado de 18 a 22 de maio.

Esta teórica serviu para realizar um percurso pela história da música sinfónica e coral cubana, a partir de investigações.

Ademais, os organizadores dedicaram uma sessão à análise da indústria musical e outra as exposições internacionais dedicadas ao disco.

Momento de grande atrativo neste Cubadisco foi o concerto inaugural oferecido pela Orquestra Sinfónica de Minnesota, Estados Unidos, junto ao pianista Frank Fernández e os Coros Nacional de Cuba e Vogal Leio, o passado 15 de maio, na Sala Avellaneda do Teatro Nacional.

Esse mesmo palco acolherá neste domingo a gala de encerramento em que serão protagonistas a Orquestra Sinfónica Nacional, o pianista Aldo López-Gavilán, Grande prêmio Cubadisco 2001, e a Banda Nacional de Concertos.

(Prensa Latina)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*