Notícias »

Continuam diálogos de paz na Colômbia

colombia_paz As delegações das FARC-EP e o governo colombiano continuam hoje aqui as conversas no contexto do ciclo 37 do processo de paz, centrado no tema das vítimas do conflito nessa nação sul-americana.

A delegação das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia-Exército do Povo (FARC-EP) insistiu ontem em três aspectos essenciais para agilizar o processo destinado a acabar com o conflito armado de anos no país.

Em um comunicado, a maior guerrilha colombiana indicou que deve começar imediatamente na Mesa de Diálogos a análise do relatório da Comissão Histórica do Conflito e suas Vítimas.

Deste modo, será possível achar nos relatos as chaves que nos conduzirão à reconciliação nacional, explicou a Comandante Victoria Sandino.

Em segundo lugar, fez um chamado a avançar sem demora na conformação da comissão de esclarecimento do fenômeno do paramilitarismo e seu desmonte para preparar desde já as garantias de segurança em todas as ordens.

Sandino afirmou que estando tão perto do acordo para a criação da Comissão de Esclarecimento da verdade e Não Repetição, é preciso impedir que este ciclo passe sem anunciar ao país a implementação deste transcendental instrumento de paz.

Depois de listar tais pontos, a porta-voz insurgente expressou a disposição das FARC-EP de avançar conjuntamente com o governo colombiano na produção de novas medidas para diminuir a intensidade de conflito.

A guerrilha também manifestou a necessidade de avançar nas discussões em torno da revisão das penas por rebelião que constam no numeral 3, que se refere ao Fim do Conflito.

(Prensa Latina)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*