Notícias »

Homenagem a José Martí desde as artes plásticas cubanas

martiO Museu Nacional de Belas Artes de Cuba homenageia hoje José Martí com a abertura de uma exposição de obras representativas da importância do Herói Nacional deste país.

As 39 peças exibidas até o próximo dia 20 de junho no Centro Hispano-Americano de Cultura pertencem às coleções do Museu, do Palácio dos Capitães Gerais e do Centro de Estudos Martianos.

A julgamento da curadora Delia López, a mostra não tenta trazer nenhuma nova mensagem, apenas coloca os fundos destas instituições a serviço de uma homenagem nacional a Martí nos 120 anos de sua queda em combate, que se cumpre neste 19 de maio.

Nas coleções de arte em Cuba, nas poéticas de muitas gerações, a imagem do Mestre repete-se infinitamente, segundo refletiu.

A presente mostra não pretende ser um discurso abrangente, canônico, mas uma nota na polifonia da homenagem cívica, uma cor no arco-íris comemorativo que sempre será humilde para o numeroso fruto que semeou Martí em nossa história, apontou.

Para López, esta é uma exposição obrigatória que assume como título um dos versos do incansável lutador independentista, fundador do Partido Revolucionário Cubano e uma das ilustres figuras das letras da Ibero-América.

Como um banho de luz reúne quadros de figuras notáveis das artes plásticas de Cuba como Raúl Martínez e Pedro Pablo Oliva, entre outros que trabalharam com intensidade a figura de Martí.

(Prensa Latina)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*