Notícias »

Chanceler cubano qualifica de proveitosa sua visita a França

bruno-francia1O chanceler cubano, Bruno Rodríguez, qualificou de “sumamente proveitosa” a visita oficial que concluiu ontem na França como parte de um tour pela Europa.

Rodríguez reuniu-se na segunda-feira última com o ministro galo de Finanças e Contas Públicas, Michel Sapin. Conversaram sobre a evolução das relações econômico-comerciais bilaterais e o mútuo interesse em diversificá-las.

O presidente François Hollande, recebeu na terça-feira na manhã o chanceler cubano. Ambos sustentaram um diálogo construtivo no que manifestaram a vontade mútua de avançar e reforçar as relações bilaterais em todos os setores de interesse comum.

Posteriormente, o chanceler francês, Laurent Fabius, e seu homólogo sustentaram um encontro depois do qual expressaram aos meios de imprensa o interesse em aprofundar e expandir as relações bilaterais. Comunicaram que durante o intercâmbio trataram diferentes aspectos da agenda internacional como a preparação da Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP21) que terá lugar em Paris em dezembro próximo e questões relacionadas com a migração internacional.

Também abordaram a preparação da visita que acontecerá em maio próximo em Cuba do presidente Hollande, a qual caracterizaram de histórica, sobretudo por se tratar da primeira de um chefe de Estado galo à nação caribenha.

Sobre o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelo Governo estadunidense a Cuba por mais de cinquenta anos, Fabius afirmou que seu país sempre se opôs ao embargo e chamou à EUA a quebrarem .

A seu turno, Rodríguez afirmou que as relações com França são uma prioridade para o Governo cubano, ao apontar que o foram historicamente. Há vínculos muito profundos, essencialmente culturais.

O amplo horizonte de relações culturais, acadêmicas, científicas, econômicas, a presença de um crescente turismo francês em nossa ilha, bem como os níveis de cooperação bilateral em numerosos âmbitos, constituem uma sólida base para continuar expandindo e aprofundando os vínculos, manifestou o chanceler cubano.

Rodríguez disse que lhe expressou a Fabius sua gratidão pela posição francesa em relação com o fim do bloqueio econômico, comercial e financeiro a Cuba.

Mantém-se em completo funcionamento em particular em seus aspectos financeiros e inclui dimensões humanitárias reconhecidas pelo próprio presidente Barack Obama e também de clara violação do direito internacional, acentuou.

O chanceler cubano também foi recebido ontem pelo premiê Manuel Valls, e ambos trocaram sobre o excelente estado das relações bilaterais e vários temas da agenda internacional, conforme com a informação divulgada.

França foi o primeiro destino de uma volta pela Europa que levará Rodriguez também a Bélgica, Luxemburgo e aos Países Baixos.

(Prensa Latina)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*