Notícias »

Jornal ABC inventa ameaça de bomba em avião cubano, retira a notícia e expõe ao ridículo os veículos que a reproduziram

ABC amenazaVários sítios digitais, como eleconomista.es (1) e o diário Qué (2), anunciaram que um voo Madri-Havana da companhia Cubana de Aviação foi cancelado sábado passado (14 de março) por uma ameaça de bomba. A notícia também chegou às redes sociais Twitter e Facebook, sendo motivo de comentários alarmistas nos portais da extrema-direita “anticastrista” (3).

Todos esses veículos remetem à fonte original da notícia, o diário espanhol ABC, que a excluiu, ao que parece, horas depois de sua publicação (4).

Mas a notícia é correta? Foi cancelado um voo a Cuba graças a um aviso de bomba? De modo algum. O voo foi cancelado por uma avaria técnica. Mas, quando a equipe da Cubana de Aviação tentou dar explicações, uma passageira começou a gritar que precisava ver seu filho e que, se o avião não decolasse, faria “voar” a aeronave. A Guarda Civil espanhola então retirou a mulher da reunião.

Nos mencionados veículos, que citam a nota original do diário ABC, observamos, entretanto, um relato com outra ordem dos fatos: “quando todos os passageiros estavam aguardando a decolagem, uma mulher começou a gritar que explodiria o avião se não lhe deixassem ver seu filho. Esse fato fez com que todo o avião fosse evacuado (5)”.

Assim foi como o jornal ABC transformou a reação desvairada de uma passageira depois da suspensão de um voo por uma avaria técnica em um suposto aviso de bomba como causa do cancelamento, criando uma chamativa manchete.

Mas, poucas horas depois da publicação da notícia em sua versão digital, várias testemunhas procuraram o jornal ABC para esclarecer o que havia acontecido realmente.

Percebendo sua precipitação e a inexistência de outras fontes, o jornal ABC decidiu retirar a notícia. Depois, claro, de expor ao ridículo veículos como o diário Qué ou o portal eleconomista.es, que seguem com a notícia na internet. E de jogar novo balde de água fria à extrema-direita “anticastrista”, que já via no incidente um novo argumento para sua campanha contra o turismo em Cuba.

Turismo, a propósito, que apenas no mês de janeiro de 2015 cresceu chamativos 16% (6).

1. http://www.eleconomista.es/sucesos/noticias/6556106/03/15/Cancelan-un-vuelo-MadridLa-Habana-por-amenaza-de-bomba.html#.Kku89jinZ0BkbIJ

2. http://www.que.es/ultimas-noticias/sucesos/201503152000-cancelan-vuelo-madrid-habana-amenaza.html

3. http://yusnaby.com/cancelan-vuelo-madrid-la-habana-por-amenaza-de-bomba/

4. https://www.google.es/?gfe_rd=cr&ei=FZYGVbKYD8aDUJ_5gYgH#q=ABC+Cubana+madrid

5. http://www.preferente.com/noticias-de-transportes/noticias-de-aerolineas/amenaza-de-bomba-en-un-vuelo-madrid-la-habana-252170.html

6. http://www.jornada.unam.mx/2015/03/10/mundo/019n2mun

(José Manzaneda,Cubainformación)

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*