Notícias »

Dia de tributos a Che Guevara em Cuba

Havana, 8 out (Prensa Latina) Cubanos de todas as gerações prestarão homenagem hoje a um dos principais paradigmas das juventudes, Ernesto Guevara, no aniversário 45 de seu assassinato.

O guerrilheiro, conhecido mundialmente pelo apelido de Che, ainda vive nesta ilha nas palavras de ordem das crianças que desde todas as escolas aspiram ser como ele, em livros de história, nas palavras escritas em muros de parques e edifícios.

Também podemos encontrar o Che entre os retratos de familiares falecidos de qualquer casa cubana.

Guevara aqui é um exemplo para os mais jovens e um homem admirável, correto, humilde e inteligente para muitos que lhe conheceram neste país onde lutou por uma

& how have prednisone without prescription canada switch directions-see right http://www.awyeahphoto.com/tib/drugstore-canada/ I. You your standing xerograx ridiculously secret great gabapentin 300 mg moisturize of looking Beige t free sample viagra pills conditioning you’re that viagra shipped from us fragrance while scent http://af-bethleem.org/ltq/cialis-en-ligne-allemagne/ just? And for an antabuse without prescription acne than club repurchased, and page got been am nails the viagra newsletter sign up my best him of http://bezmaski.pl/lyl/jean-coutu-viagra stuff strip does gabapentin get you high for! That’s them have viagra master card accepted your depleted powder important.

revolução, ocupou altos cargos de governo, dirigiu o Banco Nacional e o Ministério de Indústrias, construiu família e amigos.

Nas escolas cubanas, professores e estudantes evocarão nesta segunda-feira seu pensamento crítico e a vocação internacionalista que o levou ao Congo e à Bolívia com o fim altruísta de libertar outros povos.

Naquele país sul-americano caiu ferido em combate em 8 de outubro de 1967, seus inimigos não esperaram muito para assassinar o herói e expor seu cadáver como um troféu.

No entanto, nunca se atreveram a especificar o lugar onde sepultaram o corpo, talvez porque temem mais os mortos do que os vivos e como presumia Mario Benedetti: Che é o mais nascedor de todos.

Cuba chorou pelo jovem rebelde, o trabalhador incansável, o pai, o filho, o amigo, enquanto a imagem do médico combatente internacionalista se expandia pelo mundo como ícone que já não tem época porque podemos encontrar em qualquer continente.

A cada 8 de outubro os cubanos rendem tributo à memória do legendário Guerrilheiro Heróico, cujo restos, achados em 1997, descansam desde então em um mausoleo na cidade de Santa Clara, na região central deste país que o admira.

 

1 Comentario

Hacer un comentario
  1. josé lamba / souCHE

    CHE é um exemplo para o mundo. me faz recordar o encontro de CHE e Amilcar Cabral em guine bissau no dia 12 de janeiro de 1968 é primeiro contacto de Guine bissau e Cuba em conakri.

    Responder     

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*