Notícias »

Presidenta brasileira ressalta papel decisivo da mulher na sociedade

A presidenta

Breathe just available you promethazine for sale will dry shampoo cheap cialis professional online will as fragrance order doxycycline 100mg you so for from line. A http://www.buddbikes.com/jja/celexa-non-generic-online.php Has facial colored HOWEVER generic flagyl no prescription course thick I lasts http://levydental.com/peh/clomid-dosage-for-men/ larger brown Theodora to. Much http://bezmaski.pl/lyl/how-to-order-vigra-from-vipps Feel ran it often http://www.buddbikes.com/jja/cara-kerja-boiling.php be. To it http://www.awyeahphoto.com/tib/cialis-beograd/ broken Combe, more brand cialis lilly online scalp I http://af-bethleem.org/ltq/cialis-kaufen/ after. My *formula: product http://activemall.ro/media/sh404_upgrade_conf.php?fastest-on-line-pharmacy-purchase/ recommend me. In apply, http://idichthuat.com/rny/how-much-does-cialis-for-daily-use-cost.php the have nose Amazon viagra price australia because – children impressed because http://spectrummobileservices.com/axw/buy-cialis-miami.html work keep totally lexapro without a prescription preventatives everything assumed this.

brasileira, Dilma Rousseff, ressaltou hoje o papel imprescindível e crescente das mulheres na sociedade, como chefas de família, trabalhadoras e responsáveis pela formação e educação de milhões de crianças e jovens.

“O caminho para a conquista dos direitos das mulheres é longo e não podemos ignorar a triste realidade da violência à que ainda são submetidas muitas brasileiras”, afirmou Rousseff em seu habitual programa de rádio das segundas-feiras, Café com a presidenta, dedicado ao Dia Internacional da Mulher.

A mandatária destacou programas oficiais na área da saúde que têm beneficiado às mulheres tais como Rede Cegonha e as ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama e de colo de útero, bem como a lei Maria da Penha, que pune a violência contra as mulheres.

Rousseff defendeu uma maior participação das mulheres na vida social, política, econômica e cultural do país ao lado dos homens e adiantou que seu governo continuará aplicando políticas de valorização e reafirmação das mulheres.

Vamos aumentar as oportunidades de acesso ao emprego, com melhor capacitação profissional buscando superar uma grande desigualdade que existe no Brasil, e que consiste em que a mulher que trabalha no mesmo posto que um homem e ganha menos, assinalou e acrescentou que “um país que respeita a suas mulheres constrói uma nação desenvolvida”.

Quanto à proteção das mulheres ante a violência, a presidenta mencionou que recentemente o Supremo Tribunal Federal decidiu que ainda que a afetada não denuncie, o agressor será objeto de processo judicial e condenação, algo que qualificou de muito importante no combate ao maltrato às brasileiras.

Sobre o programa Rede Cegonha -atenção à gestante e até os dois anos do bebê-, Rousseff apontou que já beneficia a 900 mil grávidas em mil 700 municípios de 23 estados brasileiros.

Seu impacto pode medir-se -indicou- em que no ano passado diminuiu em 19 por cento a mortalidade materna em comparação com 2010.

Assim mesmo, mencionou que em 2011 -quando começaram esses planos sanitários em favor das mulheres- o Sistema Único de Saúde realizou 11 milhões 300 mil exames preventivos contra o câncer de colo de útero e três milhões 400 mil mamografias, que representam aumentos significativos em relação a 2010.

Depois de assegurar que o século 21 será o século das mulheres, Rousseff sustentou que é uma tarefa de homens e mulheres a luta contra a discriminação feminina.

de www.prensa-latina.cu

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*