Notícias »

Greve de estudantes chilenos na quinta-feira por melhora na educação

A presidente da Federação de Estudantes Camila Vallejo

A presidente da Federação de Estudantes Camila Vallejo

Havana, 07 setembro (RHC).- Os estudantes chilenos confirmaram greve na quinta-feira por uma educação pública gratuita e de boa qualidade, apesar do governo ter pedido que desistissem em sinal de luto pela tragédia aérea que matou 21 pessoas.

Falando para a imprensa, em Santiago, a presidente da Federação de Estudantes Camila Vallejo disse que cada região decidirá o caráter das mobilizações, e deixou claro que o luto será respeitado.

A líder estudantil chilena julgou coerente que os jovens continuassem batalhando por seus direitos, e observou que as vítimas do desastre aéreo também lutavam pela dignidade humana, justamente iam prestar ajuda à ilha Juan Fernández, atingida por um tsunami em 27 de fevereiro de 2010.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*