Notícias »

Assiste Raúl Castro à gala de escritores e artistas cubanos

O presidente cubano, Raúl Castro, assistiu à gala cultural pelo 50 aniversário da União de Escritores e Artistas de Cuba (Uneac), celebrada na sala García Lorca do Grande Teatro de Havana.

Em suas palavras de abertura ontem, o escritor Miguel Barnet, quem preside essa organização, destacou como esta promove o melhor da cultura cubana e se manteve fiel aos princípios traçados pela Revolução e seu líder histórico, Fidel Castro, quem em suas Palavras aos intelectuais em 1961 alimentou o espírito de unidade.

Ao referir-se à gênese fundacional da Uneac, indicou que esta uniu os escritores e artistas que viviam no esquecimento e num estado de desamparo social, e conseguiu o acordo de uma heterogênea massa de criadores.

Também se referiu ao processo de aperfeiçoamento impulsionado nos últimos anos e ao espírito de transparência que a caracterizou em seu meio século de existência, “garantia de um diálogo pleno e democrático”.

Assinalou como a cultura é a mais alta expressão da política porque garante o pleno exercício da liberdade e nos converte em seres humanos, ao elevar a qualidade de vida e potenciar os valores sociais.

Com a cultura, precisou, “assaltamos os quartéis da banalidade e a ignomínia, ao mesmo tempo em que nos opusemos à mercantilização da arte em nossa sociedade”.

A gala abriu com o Ballet juvenil de Lizt Alfonso e o Conjunto Folclórico Nacional, em uma fusão de ritmos espanhóis e africanos expressiva das raízes da identidade nacional.

 

O espetáculo vistoriou ao acervo musical da ilha, desde o ponto camponês, o danzón e a trova até o bolero, a ópera e a dança moderna.

 

Música, poesia e dança se misturaram para render-lhe tributo a destacados expoentes da arte como Celina González, Barbarito Dez, Noel Nicola, Bola de Nieve e o poeta Nicolás Guillén, presidente fundador da Uneac.

Assistiram ao ato o ministro da Cultura, Abel Prieto, e os membros do Bureau Político do Partido Comunista de Cuba, Esteban Lazo, Marino Murillo e Lázara Mercedes López, entre outras personalidades.

Prensa Latina

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

*