Artigos de Cuba

Opiniões »

Yoani Sánchez: blogueira ou mercenária?

Blogera cubana.

Nas vésperas da visita da presidenta Dilma Rousseff a Cuba, a mídia colonizada tem feito grande alarde em torno do nome da blogueira cubana Yoani Sánchez. Ela é apresentada como uma “jornalista independente”, que mantém um blog com milhões de acessos e que enfrenta, com muitas dificuldades materiais, a “tirania comunista”, que a persegue e censura. Na busca pelo holofote midiático, líderes demotucanos e, lamentavelmente, o senador petista Eduardo Suplicy têm posado de defensores da blogueira.

Reflexões de Fidel »

A FRUTA QUE NÃO CAIU

A FRUTA QUE NÃO CAIU

Cuba se viu forçada a lutar por sua existência face a uma potência expansionista, situada a poucas milhas de suas costas, que proclamava a anexação de nossa ilha, cujo único destino era cair em seu seio como fruta madura. Estávamos condenados a não existir como nação.

Notícias »

Fidel Castro afirma que Cuba jamais será pressionada nem chantageada

Fidel Castro

O líder da Revolução Fidel Castro assegurou que Cuba jamais será pressionada nem chantageada por seus inimigos e que as leis do país serão cumpridas inevitavelmente como parte de sua conduta honesta de meio século.Em sua mais recente reflexão, em clara alusão à campanha internacional pela morte aqui na semana passada de um preso comum, Fidel Castro recomendou à União Europeia (UE) tentar salvar o euro e eliminar o desemprego crônico que sofrem seus jovens.

Notícias »

Cuba recusa campanha propagandística

Bandera

Com o título “As verdades de Cuba”, o jornal Granma publica hoje um editorial no qual recusa a campanha de propaganda desatada internacionalmente que utiliza o recente falecimento de um preso comum.Nos últimos dias, meios de imprensa e representantes de alguns governos tradicionalmente comprometidos com a subversão contra Cuba iniciaram uma nova campanha de acusações, aproveitando inescrupulosamente um fato lamentável.

Opiniões »

Cronica de uma vida dedidcada à humanidade

Fidel Castro com Alicia Alonso

Estamos em enero mês de ollas fuertes rompiendo en el malecón,tardes frias, as veces gris, viento corando las mejillas. Quarenta e dos anos 42 años de mi segundo dia em Havana. En áquel entonces habian intentado matar Fidel ñ veces. Lo mataban de todo formas y maneras. Envenenado, assassinado, emboscadas.. Los periódicos corriam dar la famosa noticia – Fidel há muerto. Flotas marítimas, aviones, los noticieros em polvorosa, reuniones formando delegaciones de todos los estados americanos, a espera del toque para echarem al mar, o al ar invadir la Republica de Cuba. Asi fueron los diez anos que pasé na isla más linda del Caribe.

Notícias »

Cuba, qualidade e confiabilidade em serviços e tecnologias médicas

Medicina Cubana

Cuba conta com uma ampla faixa de bens e tecnologias médicas desenvolvidas na ilha; nos quais se combina competitividade de preços, qualidade e alta confiabilidade, asseguraram especialistas durante a recém concluída XXIX Feira Internacional de Havana (FIHAV 2011).

Reflexões de Fidel »

A esmagadora vitória de Daniel e da FSLN

A esmagadora vitória de Daniel e da FSLN

No mundo atual os problemas são sumamente complexos e difíceis. Porém, enquanto o mundo exista os países pequenos podemos e devemos exercer nossos direitos à independência, à cooperação, ao desenvolvimento e à paz.

Reflexões de Fidel »

A FAÇANHA DE GUADALAJARA

A FAÇANHA DE GUADALAJARA

Faço um breve intervalo em minhas análises políticas para dedicar este espaço à façanha dos atletas cubanos nos Décimo-sextos Jogos Esportivos Pan-americanos. Os Jogos Olímpicos e as competições esportivas internacionais que giram em torno a eles, e despertam tanto interesse em milhares de milhões de pessoas, têm uma bela história que não por ultrajada deveria deixar de ser recordada.

Reflexões de Fidel »

O papel genocida da NATO (Quarta parte)

O papel genocida da NATO (Quarta parte)

“Diferentemente do que acontece no Egipto e Tunísia, a Líbia ocupa o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento Humano da África e tem a mais alta esperança de vida do Continente. A educação e a saúde recebem especial atenção do Estado. O nível cultural de sua população é muito alto, sem dúvidas. Seus problemas são de outro caráter. [...] O país requeria abundante força de trabalho estrangeira para levar a cabo ambiciosos planos de produção e desenvolvimento social.”

Reflexões de Fidel »

O PAPEL GENOCIDA DA NATO (SEGUNDA PARTE)

O PAPEL GENOCIDA DA NATO (SEGUNDA PARTE)

“Poder-se-á concordar ou não com o Khaddhafi. O mundo tem sido invadido com todo o tipo de notícias, empregando especialmente os meios maciços de informação. Haverá que esperar o tempo necessário para conhecer a rigor quanto tem de verdade ou de mentira, ou uma mistura de fatos de todo o tipo que, no meio do caos, aconteceram na Líbia. O que para mim resulta absolutamente evidente é que ao Governo dos Estados Unidos não lhe preocupa em absoluto a paz na Líbia, e não hesitará em dar à NATO a ordem de invadir esse rico país, talvez em questão de horas ou muito breves dias.